MSubiu para cinco o número de vítimas fatais na colisão frontal entre o Fiat Uno da Transportadora Brasil Central e um ônibus da Viação Xavante na BR-158, na região de Água Boa. Sebastião Ganancini Teodoro, de 47 anos, morreu na manhã de ontem no Hospital de Urgência de Goiânia, onde estava internado desde o dia do acidente, última quarta-feira.

Segundo informações da empresa, Sebastião Teodoro, o Tião Carabina, como era identificado pelos amigos, teve falências múltiplas dos rins e perfuração do intestino. Ele tinha fraturado as duas pernas e seu quadro de saúde inspirava cuidados, tendo piorado no final de semana com as complicações nos rins e no intestino.

O acidente aconteceu por volta das 19h30 de quarta-feira, no Km 550 da BR-158, a 20 Km do centro de água Boa. O Fiat Uno, conduzido Joanim Fougt da Silva, 40, colidiu frontalmente com o ônibus que faz a linha Vila Rica – Brasília. No acidente, além do motorista, morreram José Valdemir Lira Chaves, 38, e Walter Ulisses de Sousa, 22, ocupantes do Uno, e Rubens Pereira de Souza, 43, motorista de apoio da Viação Xavante. Sebastião Ganancim Teodoro, 47, sofreu ferimentos graves e tinha sido transferido para Goiânia.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) ainda não soube precisar a causa do acidente. Os policiais tinham reunido informações repassadas por Tião Carabina e passageiros que viajavam na Viação Xavante. Eles relataram que o Fiat Uno foi ao encontro do ônibus já desgovernado depois de sofrer uma série de capotamentos até invadir a pista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui