Sem dinheiro do DNIT obras param e 800 trabalhadores são demitidos no Ceará

Postado dia 17/8/2011 | | 0 comentário

Na manhã da última segunda-feira, várias construtoras responsáveis pelas obras de recuperação das BRs, no Estado do Ceará, dispensaram cerca de 800 trabalhadores, por falta de repasse de verbas do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Somente no trecho que liga a Capital a Sobral, na BR-222, foram demitidos 250 operários. Conforme revelou uma fonte ligada às obras, o Dnit não repassou a verba para conclusão do trabalho. Somente à Construtora Delta, responsável pelo trecho que liga o Distrito de Patos a cidade Sobral, o órgão federal deve mais de R$ 12 milhões.

“Foi o meu presente do dia dos pais”, conta o operário José Aguiar Gomes. Ele trabalhava como sinalizador no percurso Sobral-Patos.

O operário Jeová Loiola Rodrigues conta que a previsão de entrega desta parte da obra está prevista para até dezembro deste ano, mas somente em julho de 2013 todo o trajeto, de Fortaleza a Sobral, deverá está totalmente recuperado.

Não há previsão de retorno, foi esta a informação que a Construtora Delta passou aos seus operários.

O Diário do Nordeste manteve contatos, por telefone, pela manhã e à tarde com assessoras do Dnit que prometeram responder, enviou e-mails para a assessoria de comunicação do órgão, no entanto, não houve nenhuma resposta até o fechamento desta edição.

O supervisor do Dnit, na unidade de Sobral, Francisco Jânio Martins, foi procurado para se posicionar, mas o seu secretário descartou qualquer contato com o mesmo.

Mobilização

Para o idealizador do Rally da BR-222, Wellington Macedo, este é um momento para repensar novas mobilização em prol das estradas no Ceará.

“Nós prometemos para a sociedade que estaríamos fiscalizando e vamos cumprir o nosso papel, é questão de honra para o povo cearense ver nossas estradas construídas com a mesma qualidade conhecida nos outros Estados do País. Dentro de alguns dias, nós estaremos divulgando o planejamento de mais uma grande mobilização na BR-222, mas agora será em um outro formato”, conta Macedo.

No último dia 9 de junho, o então ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, esteve no Ceará, para anunciar a reconstrução e recuperação de trechos da BR-222, além de autorizar licitações de obras que garantirão a reestruturação da malha rodoviária federal do Estado. O ato de assinatura de contratos e autorizações aconteceu na sede da Superintendência do Dnit.

O conjunto de ações para melhorias das rodovias federais do Estado previa, entre elas, autorização para o início do processo de licitação para a contratação da recuperação e manutenção rodoviária, via Programa Crema, de 1,7 mil quilômetros de extensão da malha do Ceará.

Malha

2013 é o ano em que deverá está concluída, no mês de julho, em sua totalidade, a recuperação do trecho que liga Sobral a Fortaleza pela BR-222


Notícias Relacionadas


No tags for this post.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *