Semana Nacional do Trânsito registra 142 mortes e 1.675 feridos nas rodovias federais

Postado dia 29/9/2015 | Tags:, , , , , , , , | 0 comentário

Dados preliminares da Polícia Rodoviária Federal (PRF) mostram que ações do Órgão na Semana Nacional do Trânsito, sensibilizaram mais de 70 mil pessoas em rodovias federais de todo o País. Entre os dias 18 e 25 de setembro, a PRF realizou operações de combate ao excesso de velocidade, ultrapassagens irregulares, além de campanhas educativas como o Festival Estudantil Temático de Trânsito (FETRAN). Mas os números registrados pela PRF revelam que muitos usuários das rodovias federais ainda precisam compreender que a correta atitude no trânsito pode fazer a diferença entre a vida e a morte. Durante as operações, a PRF  registrou 142 mortes decorrentes de acidentes nas rodovias. Mesmo com a potencialização das fiscalizações, outras 1.675 pessoas ficaram feridas durante o mesmo período.

De acordo com o Órgão, durante os sete dias, cerca de 75,2 mil pessoas foram sensibilizadas em campanhas educativas. A educação para o trânsito, um dos pilares para a segurança viária, foi desempenhada através das edições do FETRAN e ações do Cinema Rodoviário, em todo o país. Na contramão da educação para o trânsito, os agentes da PRF flagraram quase 100 mil infrações de trânsito nas rodovias federais.

Os números apontam que policiais rodoviários federais flagraram mais de seis mil condutores realizando ultrapassagens irregulares nas rodovias federais durante a última semana. Esse tipo de conduta pode resultar em graves acidentes com colisões frontais, com grande potencial de letalidade. As fiscalizações tiveram caráter educativo, no entanto, condutores que cometeram as infrações foram autuados e serão penalizados de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Durante os sete dias, a falta do cinto de segurança, do uso de capacete, a ausência da cadeirinha para crianças e a embriagues ao volante somaram 6,6 mil infrações. A mistura álcool e direção foi responsável por mil autuações, enquanto as demais infrações citadas computaram 5,6 mil flagrantes.

Das 100 mil infrações, 52,4 mil foram para motoristas que transitaram com velocidade acima da permitida. Os condutores podem ser penalizados de acordo com o (CTB). Para aqueles que estiverem com excesso de até 20% em relação ao limite, cabe multa de R$ 85,13 e quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Aos que forem pegos excedendo em mais de 20% até 50%, a multa é de 127,69 e cinco pontos na carteira. A punição mais grave é para os motoristas que transitarem em velocidade que exceda a permitida em mais de 50%, com multa de R$ 574,62 e sete pontos na CNH, dada a gravidade da conduta.

Fonte: PRF

 


Notícias Relacionadas




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *