Suspeita-se que um dos motoristas tenha cochilado ao volante e invadido a pista contrária. Foto: Divulgação/PRF

PRF suspeita que um dos condutores tenha dormido ao volante e provocado a colisão frontal

Um grave acidente na manhã deste domingo (20), por volta das 7h10, na BR-060, próximo a Camapuã, a 135 quilômetros de Campo Grande (MS), deixou ao menos cinco mortos. As vítimas não tiveram a identidade revelada.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o acidente provocou a morte de cinco pessoas, sendo três homens e duas mulheres. Uma das vítimas, Marco Aurélio Rosa, 56 anos, estava no Fiat Uno. Ele era mecânico de avião, e saiu de Campo Grande com destino a Chapadão do Sul, onde estava abrindo uma oficina de aeronaves.

Documentos e destroços dos veículos se espalharam pelo acostamento da BR. Foto: Divulgação/PRF

No Corsa, viajavam, segundo o delegado Nilson Friedrich, da Polícia Civil de Bandeirantes, o motorista Jordão Inácio do Carmo, 73 anos, Ana Maria do Prado, 70 anos, Antônio Malaquias da Silva, 84 anos e Doralina Malaquias da Costa, 51 anos. Todos morreram na hora.

O Fiat Uno que seguia no sentido Campo Grande a Camapuã teria invadido a pista contrária  provocando o acidente. Equipes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e dos bombeiros foram até o local.

Ocupante do Uno era mecânico de avião e morreu ao ser projetado para fora, mesmo usando o cinto de segurança. Foto: Divulgação/PRF

Um dos passageiros ficou preso às ferragens. Equipes dos Bombeiros tiveram que interditar a pista para fazer o socorro às vítimas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui