Colisão aconteceu a 10 quilômetros da área urbana de Ariquemes, sentido Jaru.

Mais um grave acidente resultou na morte de um motorista de ônibus identificado como sendo Jerry Adriano Teixeira, de 37 anos, durante uma colisão entre o veículo que ele dirigia e um caminhão boiadeiro em Ariquemes (RO), no Vale do Jamari. O acidente ocorreu no fim da madrugada de terça-feira (30), na BR-364 sentido Jaru (RO), a cerca de 10 quilômetros da área urbana.

De acordo com o policial rodoviário federal (PRF) Kleber Canhiçares, que atendeu à ocorrência, os seis passageiros que estavam no ônibus não souberam relatar a forma como ocorreu o acidente. Apenas disseram que perceberam o impacto da batida. Nenhum deles se feriu com gravidade, mas o motorista morreu na hora.

O motorista do caminhão boiadeiro que foi atingido pelo ônibus não se feriu.

No momento do acidente, segundo a PRF, a pista estava molhada e havia neblina.

Uma carreta bitrem que seguia atrás do ônibus não conseguiu frear e acabou colidindo na traseira do coletivo. O motorista teve ferimentos leves na mão, e a esposa dele precisou ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A criança filha do casal que estava na carreta não se feriu.

O acidente gerou um congestionamento de cerca de cinco quilômetros em cada sentido. A PRF controlou o tráfego durante a manhã até a retirada dos veículos da via.

Número de acidentes cai, mas ainda preocupa

Um balanço realizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) aponta que, no primeiro mês de 2018, foram registrados 116 acidentes graves nas rodovias federais de Rondônia. O número vai na contramão dos índices de 2017, quando o órgão verificou 124 acidentes dessa natureza. Ao todo, houve uma redução de 7% no total de acidentes referente ao mesmo mês do ano passado.

Considerando os dados do ano passado, o balanço divulgado pela PRF revela que os acidentes resultaram em 3 mortes e 68 feridos nas estradas brasileiras. Já em 2017, esses números foram de 11 e 71, respectivamente.

A falta de atenção dos motoristas foi a principal causa dos acidentes de trânsito ocorridos. De acordo com a polícia, a desatenção dos motoristas é responsável pela maioria dos acidentes.

Fonte: Diario da Amazonia

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui