Acidente com caminhão e mais três veículos deixa um morto e 13 feridos na BR-080. Foto: Divulgação

Kombi, Duster e Pajero foram atingidos pela carga da carreta, que deixou homem morto e 13 feridos

Um grave acidente na BR-080, nesse domingo (10) deixou um homem de 37 anos morto e ao menos 13 feridos, próximo a Brazlândia, no Distrito Federal.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), quatro veículos sem envolveram na colisão no km 29 da rodovia, sendo uma Kombi, um Renault Duster e uma Mitsubishi.

As polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal, além do Corpo de Bombeiros atuaram na ocorrência, inclusive com o helicóptero da corporação.

As vítimas foram encaminhadas aos hospital regionais de Brazlândia (HRBz) e Ceilândia (HRC), ao Hospital de Base e ao Hospital Santa Marta, em Taguatinga Sul. Um dos passageiros da Kombi, Hagamenon Fonseca de Sá, 37 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local do acidente.

Os três carros envolvidos trafegavam na via contrária à do caminhão. A carreta perdeu o controle na pista quando a carga transportada, blocos de ferro compactados, caíram na rodovia. Parte deles atingiu, primeiramente, a Kombi, que chegou a tombar na via com a força do impacto.

Em seguida, a Duster, também foi atingida pelos restos de material oriundos de um ferro-velho. O veículo Mitsubishi, que vinha atrás, não chegou a ser atingida, pois a motorista conseguiu desviar para fora da pista.

A carreta seguia rumo a Padre Bernardo (GO) e, segundo a Polícia Militar do DF, tinha capacidade para transportar 48 toneladas de material. Quatro dos cinco ocupantes da Kombi foram transportados para os Hospital Regional de Brazlândia (HRBz) e para o Hospital de Base, inclusive o motorista.

Todos eram da mesma família. O grupo havia ido pescar na região da Serra da Mesa (GO) e estava a caminho de Brazlândia. No Renault Duster prata havia dois homens, uma mulher, uma criança. A família foi transportada para o Hospital Santa Marta, em Taguatinga Sul, sem ferimentos graves.

A motorista do Mitsubishi saiu para o acostamento para evitar um choque maior com a carga do caminhão. Foto: Divulgação

A família que estava no terceiro carro de passeio envolvido também não teve ferimentos graves. A contadora Elen Duran, 38, conduzia o veículo quando percebeu que a carreta estava prestes a tombar.Ela conseguiu jogar o carro em cima de um morro ao lado da pista.

Por pouco, o veículo, que seguia para o Guará, não foi atingido. A carga do caminhão amassou apenas a lataria do veículo. Os blocos de ferro que caíram contra o automóvel impediram que o carro capotasse para a esquerda.Além de Elen, o marido dela, Eraldo Santana, 53, e os filhos do casal (gêmeos de 8 meses) estavam no veículo. Ninguém se feriu.

A família aguardou por socorro em uma casa próxima ao local do acidente. “Minha esposa viu a carreta subindo e vimos a carroceria dela tombando. Não sabemos se o motorista estava em alta velocidade, mas parecia que a carga estava solta. Foi tudo muito rápido”, relatou Eraldo.O conteúdo transportado começou a ser removido por volta das 20h.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) e a Polícia Civil já realizou a perícia no local.

O motorista do caminhão, a esposa dele e uma menina de 4 anos, que também estava na cabine, não tiveram ferimentos graves. Os três foram encaminhados ao Hospital de Base.Apesar da gravidade do acidente, o subtenente da PMDF Almir Mota afirmou que todos os 13 sobreviventes foram resgatados fora de perigo.

“O caminhão tombou devido à queda da carga. Quando ele caiu, foi pegando todo mundo. O teto da Kombi ficou perdido e, infelizmente, houve uma morte, mas os demais estão bem”, afirmou o militar do Grupo Tático Operacional (GTOP) de Brazlândia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui