Para evitar abusos na cobrança do exame toxicológico dos condutores das categorias C, D e E, foi criado uma canal de denúncias para identificar laboratórios que cobram mais de R$ 187,00.

Neste caso o condutor poderá receber de volta a diferença. A iniciativa é da ABTox , associação que reúne os maiores laboratórios especializados em exame toxicológico , CNTA, Confederação dos caminhoneiros autônomos e Denatran .

É importante lembrar que existe um calendário para regularização do exame. Quem não cumprir o prazo será multado automaticamente em R$ 1.467,35. Além de ter 7 pontos na CNH, suspensão da habilitação por no mínimo 90 dias e risco de outra multa na fiscalização de pista.

Praticamente 100 mil motoristas C, D e E, já correm o risco dessa punição por não cumprirem a obrigação até 30 de junho. Para denunciar cobranças acima de R$ 187,00 e ser ressarcido entre no site da CNTA ou clique direto neste link. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui