Pelo menos 15 caminhoneiros protestaram e bloquearam a marginal Pinheiros, na pista expressa, perto da ponte Cidade Jardim, no sentido rodovia Castello Branco, na madrugada desta sexta-feira (24). De acordo com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), eles ocuparam parcialmente a via, deixando liberada a faixa da esquerda aos carros.

A CET não chegou a registrar lentidão na via por causa do protesto. O bloqueio foi para protestar contra a proibição de circulação dos caminhões na via entre 17h e 21h, de segunda a sexta-feira, e entre 10h e 14h aos sábados.

A Polícia Militar acompanhou o movimento, mas não relatou incidentes com os manifestantes.

Outra manifestação

Esta não é a primeira vez que caminhoneiros protestam na marginal Pinheiros contra a proibição da circulação. No dia 16 deste mês, cerca de 250 motoristas manifestaram na avenida Escola Politécnica, na zona oeste de São Paulo. Eles ocuparam a faixa da direita da via, segundo a CET, e foi registrado congestionamento de quase 2 km no trecho.

Proibição

Desde o dia 2 de setembro, os caminhões ficaram proibidos de circular nos dias úteis, das 5h às 21h, na marginal Pinheiros e nas avenidas Jornalista Roberto Marinho e Bandeirantes. Se os motoristas desrespeitarem a nova regra, estarão sujeitos a multa. A restrição também se estende aos sábados, das 10h às 14h, e exclui os feriados.

A regulamentação vale para toda a marginal Pinheiros (pistas expressa e local), entre as pontes do Jaguaré e Morumbi. Os caminhões também estão proibidos de circular em toda a extensão da avenida Afonso D´Escragnole Taunay.

A ação faz parte das medidas de regulamentação do trânsito de veículos pesados na cidade. A multa é de R$ 85,12 e a infração, média, de quatro pontos na carteira de habilitação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui