Além dos cuidados com a saúde, motoristas passam a contar com as ações do “Cinema Rodoviário”, que será apresentado pela PRF em todas os eventos

Promover a saúde, o bem-estar e a direção segura. Esses são os objetivos da Caravana Siga Bem, edição 2018, que percorrerá as estradas brasileiras durante seis meses, entre agosto deste ano e março de 2019.

Nesse contexto, o projeto conta com a parceria das secretarias municipais de Saúde e com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que nessa semana confirmou a participação efetiva em todas as Paradas do Projeto, com a apresentação do “Cinema Rodoviário”, que visa conscientizar os motoristas sobre direção segura.

Signatária do pacto global e dos 17 ODS para 2030, a Caravana Siga Bem 2018 conta com o apoio da ONU Brasil, por meio da OPAS/OMS, além da parceria com as equipes de Saúde das prefeituras municipais por onde as equipes passam.  Os visitantes são atendidos, gratuitamente, para a realização de testes de glicemia, aferição de pressão arterial, vacinação e exames rápidos de HIV e sífilis, além de orientação sobre doenças como: febre amarela, zika e chikungunya, entre outras.

“Nós sabemos que as constantes viagens de ida e de volta e os contratempos são alguns dos problemas que esses profissionais enfrentam diariamente. E é justamente nessa questão que a Caravana Siga Bem entra na jogada. Para que uma viagem seja tranquila e segura, a saúde tem que estar em dia e a atenção deve ser redobrada para evitar acidentes”, frisa, Alexandre Côrte, diretor do projeto.

Segundo ele, a participação efetiva da PRF será valiosa para as ações que o projeto desenvolve de norte a sul do Brasil. “Além dos serviços médicos oferecidos, a comunidade estradeira passa a contar agora com as palestras e com os filmes do ‘Cinema Rodoviário’, que serão apresentados como forma de conscientizar o motorista a dirigir com segurança”, esclarece.

Novo formato

A Caravana Siga Bem 2018, que voltou às estradas no início de agosto, já percorreu na primeira etapa, mais de 8,5 mil quilômetros pelo Brasil, com suas duas equipes (Norte e Sul), passando por oito estados (MG, GO, TO, PA, RN, PB, SP e PR) e pelo Distrito Federal. As equipes já visitaram as cidades de Uberaba, Rio Verde, Brasília, Simolândia, Gurupi, Pugmil, Araguaína, Paragominas, Ananindeua, Assu, Cachoeira dos Índios e João Pessoa, pelo eixo Norte; e Uberlândia, Ituiutaba, Centralina, Araporã, Campina Verde, Onda Verde, Registro , Pariquera-Açu, Antonina e Campina Grande do Sul, pelo eixo Sul.

Em novo formato, o projeto está na 11ª edição e irá percorrer, até o fim da primeira etapa prevista para meados de setembro, mais seiscentos quilômetros de estradas, onde as equipes passarão por mais dois estados e quatro municípios.

Durante seis meses, entre agosto de 2018 e março de 2019, duas equipes – uma no eixo Norte e outra no Sul –, devem percorrer mais de 25 mil quilômetros de rodovias, visitando 81 municípios, 23 estados e o Distrito Federal.

A novidade neste ano é a interação que o caminhoneiro está tendo com seus colegas de estrada por meio de um bate-papo com a equipe do projeto. Em cada parada, histórias diferentes, um causo ou um depoimento do dia a dia de quem percorre milhares de quilômetros para ganhar o pão, levando as riquezas do País. E todas essas experiências de vida estão compartilhadas no programa Brasil Caminhoneiro e nas redes sociais da Caravana Siga Bem, com fotos e vídeos, além de textos para o site.

O projeto tem previsão de encerramento em março de 2019, com o evento que elegerá o “Caminhoneiro do Ano”. O roteiro oficial da Caravana Siga Bem 2018 pode ser consultado no site: http://www.caravanasigabem.com.br/

Fonte: www.caravanasigabem.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui