RISCO: A Chevrolet iniciou recall do Corvette por conta do risco de 'pessoas pequenas' ficarem presas no porta-malas. Foto: Divulgação/Ilustrativa

De acordo com a montadora, “pessoas pequenas” podem não conseguir sair de dentro de um dos compartimentos de bagagem do modelo esportivo

A Chevrolet iniciou recall para a nova geração do modelo Corvette, por problemas no porta-malas do esportivo. De acordo com a empresa, é a primeira ação corretiva destinada à atual safra do esportivo.

Ainda de acordo com a Chevrolet, as leis de segurança viária estadunidenses determinam que todos os carros devem ter mecanismos de abertura interna do porta-malas.

A Chevrolet explica que Corvette, claro, traz esse dispositivo, mas o botão para abrir a tampa instalado dentro do compartimento deixa de funcionar 10 minutos após o motor ser desligado. Entretanto, o sistema deveria permanecer em modo de ‘hibernação’ e ser desativado, caso seja acionado.

Segundo a Chevrolet, para resolver o problema, o módulo eletrônico de controle da carroceria do Corvette será atualizado. Assim, o modo de hibernação passará a ser desativado com uma tensão mais baixa.

A empresa informou ainda que é a primeira vez que o Chevrolet Corvette tem motor em posição central. Desse modo, existem dois porta-malas: um na dianteira, sob o capô, e outro na traseira. O fabricante informa que a capacidade total é de 357 litros, mas não revela qual é o tamanho de cada compartimento. Porém, sabe-se que o frontal é o menor: por isso, causa espanto que alguém possa caber lá dentro.

No recall, a montadora especifica que ‘pessoas pequenas’ podem ficar presas no porta-malas. O que leva a deduzir que a cautela é com crianças, mesmo que não fique claro no comunicado da Chevrolet.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui