ALERTA: Trafegar em rodovias com a incidência de neblina requer muito mais cuidado. Nessa época do ano, onde as temperaturas são mais baixas, é cada vez mais comum a ocorrência. E no caso da BR-101, em Santa Catarina, não é diferente, principalmente durante a madrugada e nas primeiras horas da manhã. Foto: Divulgação/Ilustrativa

De acordo com a NovaDutra, época do ano contribui para ocorrências; todo cuidado é pouco

Dirigir sob neblina exige cuidado e atenção do motorista. O período entre os mesmo de junho e setembro, por conta dos dias mais frios, é marcado pela ocorrência do fenômeno climático, mais comum na madrugada e nas primeiras horas da manhã.

Pensando nisso, a concessionária NovaDutra inicia nesta sexta-feira (11) na Via Dutra (BR-116), uma campanha de alerta e orientação aos usuários. A ação acontece também no Sistema Anhanguera-Bandeirantes (SAB), Sistema Castello-Raposo, no trecho Oeste do RodoAnel Mário Covas (SP-021) e nas principais estrads do Sudoeste paulista, totalizando mais de 1,5 mil quilômetros de rodovias nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

De acordo com a emprea, em situação de neblina durante a viagem, as principais orientações aos usuários são:

  • reduza gradualmente a velocidade
  • mantenha o farol baixo aceso, mesmo durante o dia (nunca utilize o farol alto)
  • evite o embaçamento dos vidros, acionando a ventilação, o ar condicionado ou abrindo levemente as janelas; para limpar os vidros, utilize o limpador de para-brisa e o desembaçador (evite usar as mãos)
  • mantenha uma distância maior do veículo à frente
  • nunca acione o pisca-alerta com o veículo em movimento, pois os carros que vêm atrás pensarão que você parou na pista
  • nunca estacione o veículo em locais de risco, procurando parar em um local seguro, distante da rodovia e sinalize com o pisca-alerta.

Segundo a concessionária, se houver necessidade de parada ou em situação de emergência, o usuário deve procurar o Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) para pedi apoio. O contato pode ser pelo 0800 017 35 36 ou pelo Call Box, telefone de emergência instalados a cada quilômetro nas respectivas rodovias.

Balanço

No ano passado, a concessionária registrou 244 ocorrências com situações de neblina no trecho da Dutra, entre SP e Rio. No período da campanha – de maio a setembro – foram 144 situações, o que representa 58% do total de registros. Em 2021, nos quatro primeiros meses, já são 94 situações em condições adversas.

De acordo com a empresa, os usuários devme ficar atentos às mensagens veiculadas na programação da CCRFM 107,5 e nos Painéis de Mensagens Variáveis (PMVs), ao longo da rodovia, que alertam sobre trechos com neblina. Além disso, há a distribuição de folhetos com dicas para uma viagem segura.

Viaje com segurança

– Reduza gradualmente a velocidade;

– Mantenha distância segura do veículo à frente;

– Nunca utilize o farol alto;

– Nunca pare na pista. Evite parar no acostamento e, se precisar estacionar, pare fora da rodovia, em um posto de serviços;

– Nunca acione o pisca-alerta com o veículo em movimento. Os motoristas que vêm atrás podem pensar que o seu veículo parou na pista;

– Atenção às mensagens dos painéis de mensagens variáveis (PMVs) espalhados ao longo da rodovia.

Trechos com maior incidência de neblina

Trecho paulista

Entre os km 170 e 212 (Guararema/Santa Isabel/Arujá/Guarulhos)

Entre o km 159 e 175 (Jacareí)

Entre os km 121 e 157 (Caçapava/São José dos Campos)

Entre os km 115 e 119 (Taubaté)

Entre os km 87 e 104 (Pindamonhangaba/Taubaté)

Entre os km 80 e 84 (Roseira/Pindamonhangaba)

Entre os km 73 e 75 (Aparecida)

Entre os km 59 e 62 (Guaratinguetá)

Entre os km 0 e 50 (Queluz/Lorena)

Trecho fluminense

Entre os km 313 e 333 (Itatiaia)

Entre os km 293 e 304 (Resende)

Entre os km 290 e 269 (Barra Mansa)

Entre os km 258 e 264 (Volta Redonda)

Entre os km 219 e 236 (Piraí)

Entre os km 216 e 199 (Paracambi/Queimados)

Mais informações no site da concessionária ou pelo 0800 017 35 36.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui