Inaugaradas as obras de pavimentação, com asfalto borracha, da RJ-151, no trecho entre Visconde de Mauá e Vila de Maringá, distritos localizados nos municípios de Resende e Itatiaia respectivamente.

A aplicação da pavimentação especial se deve a uma opção estratégica dos engenheiros do DER-RJ devido às baixas temperaturas na região. A massa asfáltica mesclada com o derivado de borracha produz uma resistência superior de pavimento, protegendo o mesmo de tensões que afetariam a pista, que sofrem invariavelmente com o clima e tendem a apresentar rachaduras e desníveis. Ao todo estão sendo pavimentados 5,3 km da via.

O DER-RJ intensificou as ações no último mês na aplicação da massa asfáltica, que utilizou na sua confecção cerca de 4 mil pneus reciclados, gerando polímeros de borracha que dão a elasticidade na brita e agregados desse asfalto sustentável. O produto é processado por uma Usina de Fabricação de Asfalto Borracha, instalada pelo DER-RJ no próprio canteiro de obra.

A fase de terraplanagem e bueiros foi finalizada dentro do programado, contando em todas as etapas com aproximadamente 50 homens, assim como um vasto maquinário: escavadeiras hidráulicas, retro-escavadeiras, caminhões, carregadeiras, patrols e rolos-compressores. Posteriormente serão iniciadas as obras de melhorias acabamento e implantação da nova sinalização.

A utilização dessa técnica do asfalto borracha nas estradas estaduais segue o decreto de propagar o sistema ecologicamente correto e de inúmeros benefícios de segurança de tráfego e economia de durabilidade. O asfalto borracha instalado agora n RJ-151 segue as mesmas diretrizes da técnica reconhecida e premiada internacionalmente da RJ-122, em Guapimirim- Cachoeiras de Macacu, com destaque para a durabilidade, sustentabilidade e qualidade no comparativo do pavimento normal.

Com um investimento total orçado em quase R$ 9 milhões, recursos provenientes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), a obra faz parte do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur). Em outubro de 2007, foi publicado o Decreto 40.979, definindo o conceito de estradas-parque no Estado do Rio e autorizando a pavimentação, segundo conceitos ecológicos de rodovias em unidades de conservação. Para ser pavimentada, determinada estrada-parque terá de obter licença ambiental do Inea (Instituto Estadual do Ambiente) e obedecer a uma série de critérios em respeito à conservação do ecossistema da região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui