DUPLICAÇÃO: A concessionária Entrevias inicia as obras de duplicação de mais um trecho da SP-333, na região de Marília (SP). Foto: Divulgação

De acordo com a Entrevias, responsável pela rodovia, obra entre Echaporã e Assis, no interior paulista, tem 16 quilômetros; equipe trabalham intensamente na preservação ambiental

A concessionária Entrevias começa nesta semana a duplicação de 16 quilômetros da Rodovia Rachid Rayes (SP-333) entre Echaporã e Assis, no interior de São Paulo.

De acordo com a concessionária,trata-se da continuidade às obras de duplicação em andamento em 48 quilômetros do trecho entre Marília e Echaporã. Ao final das obras – previstas para setembro de 2022, os motoristas terão 64 quilômetros de pista dupla entre Marília e Assis, beneficiando o tráfego de cerca de cinco mil veículos por dia.

A nova etapa da duplicação está entre os km 385 e 401 da SP-333, e dependia da licença ambiental e aprovação do projeto pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) para ser iniciada.

Mais segurança aos usuários

A duplicação da SP-333 irá proporcionar mais segurança e conforto aos usuários durante suas viagens, além de beneficiar o escoamento da produção agrícola e industrial da região.

De acordo com a concessionária, o investimento nesta etapa é de R$ 68 milhões. Será construída uma nova pista com duas faixas de rolamento, acostamento e separada da via atual por canteiro central.

Ainda de acordo com a Entrevias, a obra prevê também a construção de três retornos e acessos, além do projeto de preservação ambiental. Os serviços são realizados por 110 profissionais.

Meio Ambiente

Conforme projeto, a obra interceptará a Floresta Estadual e a Estação Ecológica de Assis, classificadas como Unidade de Conservação, áreas de extrema importância ambiental. “Para redução de qualquer impacto ambiental a concessionária desenvolverá diversos programas como, por exemplo, um trabalho de proteção da fauna e da flora, monitoramento da qualidade das águas, gerenciamento de resíduos sólidos e toda a parte de comunicação social”, explica Marcelo Danelucci, coordenador de Meio Ambiente da Entrevias.

O projeto de preservação foi apresentado e aceito pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), Polícia Florestal Estadual e Instituto Florestal. “A participação da equipe do meio ambiente foi fundamental para o projeto dessa obra, uma vez que proteger as áreas de preservação ambiental é nossa prioridade. Levaremos mais segurança e qualidade de rodovia, porém, com todo cuidado ambiental necessário”, afirma Mauro França, diretor de Engenharia da Entrevias.

De Júlio Mesquita a Marília

Segundo a Entrevias, ao mesmo tempo, outro trecho de duplicação segue em fase final, com mais de 80% dos trabalhos concluídos. São 19 quilômetros da Rodovia Dona Leonor Mendes de Barros (SP-333) entre Júlio Mesquita e Marília, do km 295 ao 314. Mais informações no site da Entrevias ou pelo 0800 3000 333.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui