A Justiça de Venâncio Aires, na Região Central do Rio Grande do Sul, decidiu manter a cobrança de pedágio na RSC-287. Nesta terça-feira (10), o juiz 1ª Vara Judicial, João Francisco Goulart, acatou parcialmente a ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público (MP) para exigir melhorias na rodovia que liga o município a Santa Cruz do Sul.

O magistrado, porém, determinou o prazo de 60 dias para que a Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), que passou a administrar o trecho, elabore execute obras de melhorias na rodovia. A autarquia também terá que disponibilizar uma ambulância com médico e guincho para os motoristas em um prazo de 30 dias.

O MP diz que vai recorrer da decisão para exigir a suspensão do pagamento de pedágio no trecho. Já a EGR diz que não vai se manifestar até ser informada oficialmente da decisão judicial. Anteriormente, a empresa informou que realizou uma operação tapa-buracos no trecho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui