O movimento nas rodovias paulistas com acesso à região Metropolitana de São Paulo deve se intensificar a partir do início da tarde de sexta-feira (dia 4) por conta do feriado de Proclamação da Independência. A previsão é de que o tráfego seja intenso até a noite, mas em alguns casos, o volume deve permanecer alto até o início da madrugada, como no Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI). As concessionárias de rodovias paulistas implantarão operações especiais para garantir mais conforto, segurança e agilidade aos usuários que vão viajar no do feriado prolongado. No sábado (dia 5) o movimento volta a ficar intenso a partir das 7h em algumas das rodovias.

Durante o feriado, mais de 2,6 milhões de veículos devem circular pelas rodovias concedidas paulistas que têm acesso à Região Metropolitana de São Paulo. Somente no Corredor Ayrton Senna-Carvalho Pinto, a previsão é de 990 mil veículos entre sexta e segunda-feira (dia 7). Haverá reforço no monitoramento e manutenção dos equipamentos operacionais das rodovias, como call box, câmeras de TV, painéis de mensagem, veículos operacionais e em pessoal. Também está previsto o aumento no número de guinchos, ambulâncias e veículos operacionais em geral, além da realização da operação “papa-fila” nos pedágios para agilizar a passagem nas cabines de cobrança manual, quando necessário. Os sites das concessionárias terão disponíveis, em tempo real, as condições de tráfego do trecho administrado da rodovia.

Telefones úteis para as rodovias paulistas

INTERDIÇÃO NA BANDEIRANTES. Há previsão de interdição da pista sentido interior da Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) na altura do km 94 para o lançamento das vigas do viaduto do complexo que interligará a rodovia ao prolongamento do Anel Viário Magalhães Teixeira (SP-083). A interdição está prevista para durar 36 horas, entre 17h de sábado (dia 5) e 5h de segunda-feira (dia 7), fora do horário previsto para o pico de trânsito da rodovia. Poderá haver alteração ou até suspensão da operação se as condições climáticas interferirem no trabalho. Durante a interdição, o motorista terá como alternativa seguir por duas pistas coletoras recém-construídas. Ou poderá utilizar caminhos alternativos que serão indicados pela concessionária.

Durante o feriado, o Sistema Anhanguera-Bandeirantes terá volume de tráfego de cerca de 700 mil veículos. Para sexta-feira a previsão é de que o tráfego seja mais intenso entre as 14h e 20h, enquanto no sábado a expectativa e de movimento intenso entre às 10h e 13h. Para a viagem de retorno o período de maior movimento será entre 11h e 20h de segunda-feira. No domingo e na segunda-feira, os caminhões com destino à Capital que estiverem na Rodovia dos Bandeirantes deverão utilizar a Via Anhanguera no trecho entre o km 48 e o km 23 (Jundiaí a São Paulo), acessando a rodovia a partir do km 48 da Bandeirantes. O objetivo da medida é melhorar a distribuição do tráfego durante o feriado.

SISTEMA ANCHIETA-IMIGRANTES. Entre 230 mil e 350 mil veículos devem seguir viagem para a Baixada Santista pelo Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI) no fim de semana prolongado. A concessionária Ecovias irá implantar a Operação Descida às 15h de sexta-feira, quando o fluxo nas duas rodovias deve aumentar, até às 2h de sábado. A partir das 7h de sábado a Operação Descida será retomada até às 21h e no domingo das 9h às 13h. Nesse esquema especial de tráfego, os motoristas com destino ao litoral poderão utilizar as duas pistas da Via Anchieta e a pista sul da Rodovia dos Imigrantes. A subida será feita pela pista norte da Imigrantes. Para o retorno à Capital, será adotada no domingo, das 17h às 22h, e na segunda-feira, das 10h às 3h de terça-feira, a Operação Subida – o motorista poderá utilizar as duas pistas da Imigrantes e a pista norte da Anchieta para a subida.

SISTEMA CASTELLO BRANCO-RAPOSO TAVARES. No trecho sob concessão da Viaoeste, o Sistema Castello Branco-Raposo Tavares deve receber 507 mil veículos durante o fim de semana prolongado. A concessionária espera aumento no tráfego a partir das 15h de sexta-feira, com movimento intenso até as 21h. No sábado o tráfego deve ser intenso entre 8h e 16h e no domingo entre 16 e 19h. Para o retorno à Capital, a previsão é de fluxo intenso entre 14h e 22h.

CORREDOR AYRTON SENNA-CARVALHO PINTO. A previsão é que até 990 mil veículos passem pelas rodovias Ayrton Senna e Carvalho Pinto durante o feriado. A concessionária Ecopistas estima que os horários de pico para o motorista que seguirá para a região do Vale do Paraíba e Litoral Norte sejam entre 15h e 17h de sexta-feira e entre as 10h e 12h de sábado. A Ecopistas prevê implantar a Operação Faixa Reversível nos períodos de maior movimento no sentido litoral e interior. Nesse esquema especial, os motoristas que seguem para Campos do Jordão e sul de Minas Gerais terão uma faixa exclusiva entre o km 128 e o km 130 da Carvalho Pinto. A faixa da esquerda da pista que normalmente opera sentido São Paulo terá a mão invertida. A velocidade máxima permitida nessa faixa será de 80 km/h.

TAMOIOS. Cerca de 72 mil veículos devem utilizar a Rodovia dos Tamoios (SP-99) durante o fim de semana prolongado. A concessionária que administra a rodovia prevê aumento no fluxo de veículos entre as 16h e 20h de sexta-feira e entre as 8h e 14h de sábado. Para o retorno do feriado o pico do trânsito deve ocorrer entre as 12h e 20h de segunda-feira. A partir das 13h de sexta-feira será implantada faixa adicional no sentido litoral sinalizada por balizadores no trecho de serra (km 68 ao km 81).

CENTRO DE CONTROLE OPERACIONAL. As concessionárias reforçarão o sistema de operação rodoviária, em conjunto com o policiamento rodoviário, 24 horas, utilizando equipamentos do Sistema de Monitoramento de Tráfego, como por exemplo, circuito fechado de TV, sistema analisador de tráfego, call box, painéis de mensagens variáveis fixos e móveis, sensor de tráfego, radar fixo e estações meteorológicas.

EMERGÊNCIAS. É importante ter em mãos os telefones de atendimento das operadoras das rodovias e da Polícia Militar Rodoviária para eventuais emergências. O serviço de ajuda ao usuário prestado pelas concessionárias de rodovias é gratuito e está disponível 24 horas todos os dias nos 6,4 mil quilômetros de rodovias concedidas paulistas. O atendimento auxilia desde uma simples troca de pneu até a remoção de vítimas de acidentes e prestação de primeiros socorros.
Fonte: Ascom

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui