Serviço tinha prazo de entrega para maio de 2018. Em julho, a concessionária Eco 101 adiou o prazo para o final de agosto, mas a entrega ainda não aconteceu

A obra de duplicação da BR-101, em João Neiva, no Norte do Espírito Santo, prometida para o mês de agosto deste ano, ainda não foi concluída.

O serviço começou em 2016, com prazo de entrega para maio de 2018. Em julho, com as obras já atrasadas, a concessionária Eco 101 adiou o prazo para o final de agosto, mas a entrega ainda não aconteceu.

A concessionária disse que houve atraso e que o motivo foram as chuvas dos últimos dias, mas garantiu que o serviço vai ficar pronto nos próximos dias.

“Vai só adiando e fazendo dois, três quilômetros e deixando o resto por fazer. Eu acho um absurdo, porque a gente paga R$ 4,60 de pedágio para ir a Vitória”, falou o taxista Vagno Salvador.

Em João Neiva, a duplicação acontece no km 206. Parte do asfalto está sendo feita. Estruturas de concreto para escoar a água da chuva também são colocadas entre as duas pistas, e o paisagismo está em andamento.

Na região, foi entregue um viaduto e quem mora do outro lado da pista diz que a mudança tem feito o número de acidentes cair. “Melhorou bastante, principalmente no aspecto do perigo que era atravessar essa rodovia, na condição que era o trânsito”, disse o assistente administrativo Luiz Flávio.

Já em Ibiraçu, município vizinho, a obra segue mais lenta no km 2019. Há trechos ainda na terra. A promessa da Eco 101 é de tudo ficar pronto até outubro deste ano.

Fonte: www.g1.com.br/es/espirito-santo

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui