Em função do período chuvoso, de 6 meses, trabalhos de pavimentação, tapa-buracos, entre outros, ficam impossibilitados de serem realizados ao longo da Transamazônica. Desta forma, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), diminuiu o seu contingente para realizar pequenos serviços na rodovia. A equipe de Supervisão Ambiental da Gestão Ambiental BR-230/422/PA  acompanha todos os trabalhos desenvolvidos pelas empreiteiras, as vistorias são feitas in loco com o objetivo de verificar o cumprimento das normas ambientais vigentes.BR-230 Transamazônica

Serviços de obras de arte corrente (OAC) como bueiros, galerias e canaletas de escoamento de água estão sendo executados, reduzindo o acúmulo de água na pista, evitando o represamento com os bueiros entupidos, que causam erosão da pista ou até mesmo o rompimento do aterro que sustenta a estrada. Além da aplicação da hidrossemeadura, construção de meio fio e atividades de sinalização estão sendo realizados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui