OBRAS: Fotos: Divulgação

De acordo com o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem (DER) de Minas Gerais, as obras na MG-010 vão promover a integração e o desenvolvimento regional

O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem (DER), de Minas Gerais, inciou na semana passada, as obras complementares de pavimentação da MG-010, entre Conceição do Mato Dentro e o Serro.

De acordo com o DER, serão asfaltados 25,50 quilômetros, na parte central do trecho, e executados melhoramentos e serviços pontuais nos outros 33 quilômetros de segmento já pavimentado da rodovia.

Na avaliação do diretor-geral do Órgão, Fabrício Torres Sampaio, as intervenções na MG-010 vão promover a integração e o desenvolvimento regional, facilitando o acesso a Diamantina e servindo como nova alternativa de via pavimentada para quem se desloca da região em direção à capital. “A conclusão dessa obra representa melhorias importantes para a nossa infraestrutura, por se tratar de uma rodovia emblemática, espinha dorsal de uma região importante e com grande vocação turística. As intervenções se traduzirão em mais eficiência, com maior capacidade de tráfego e segurança para os motoristas e moradores”, destaca.

De acordo com o DER, atualmente os trabalhos estão na fase de limpeza e de terraplenagem. O projeto prevê, além da pavimentação, a execução de 12,2 quilômetros de drenagem e de sinalização vertical e horizontal no trecho já pavimentado. Também serão contemplados o alargamento e restauração de quatro pontes sobre os córregos Campinas, Zalu, Passa Sete e Pedras I.

Os custos para execução desta fase da obra são da ordem de R$45 milhões, viabilizados por meio de convênio entre o DER, a empresa Anglo American Minério de Ferro Brasil e a Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge). A conclusão dos trabalhos está prevista para os próximos 18 meses.

A obra entre Conceição do Mato Dentro e Serro teve um trecho executado em 2012, quando foram asfaltados 22,92 quilômetros, compreendido entre a Vila Deputado Augusto Clementino/Serro, e também entre o distrito de São Sebastião do Bom Sucesso/Conceição do Mato Dentro. Outros 10 quilômetros haviam sido pavimentados em outra etapa. No total, o trajeto entre os dois municípios tem 58 quilômetros.

MG-040: Na Região Metropolitana de BH, a ligação entre o Parque Inhotim e a MG-040 também segue dentro do cronograma previsto pelo DER.  

Acesso ao Parque Inhotim

Na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a ligação entre o Parque Inhotim e a rodovia MG-040 também segue dentro do cronograma previsto pelo DER. No trecho de 3,55 quilômetros serão construídos uma ponte sobre o Rio Paraopeba e travessia sobre a Ferrovia MRS, com 239 metros de extensão, e acesso ao Hospital Municipal/UPA, em Brumadinho, fazendo um contorno na cidade.

Os trabalhos, nesta obra, estão concentrados na limpeza do trecho e na concretagem dos tubulões que fazem parte das fundações das pontes e viadutos.

Investimentos

Os investimentos são da ordem de R$ 50 milhões, valor que envolve obras, desapropriações e edificações de viadutos e ponte. O empreendimento começou a ser executado na primeira quinzena de março e deverá ser concluído em 18 meses.

A obra vai facilitar a conexão da MG-040 com o Instituto Inhotim, maior museu a céu aberto do mundo e sede de um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do Brasil, além de desafogar o trânsito na área central de Brumadinho. Além dos turistas e dos moradores desta cidade, também serão beneficiadas as populações dos municípios de Mário Campos, Ibirité, Sarzedo, Bonfim e Rio Manso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui