A TODO VAPOR: Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, conversa com diretoresd e superintendentes do Dnit e recomenda atenção nas obras prioritárias no país. Foto: Divulgação

De acordo com Tarcísio de Freitas, as obras prioritárias não tiveram paralisações

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, realizou uma reunião por videoconferência, nessa quinta-feira (14), com os diretores e superintendentes regionais da Autarquia. Pediu que as equipes continuem trabalhando com empenho em obras prioritárias para população, adotando o cuidado necessário para o combate ao novo coronavírus e fiscalizando a correta execução dos serviços.

Durante a reunião o ministro ressaltou o desempenho da equipe do Dnit e detalhou obras de construção prioritárias em todo o país, como a duplicação na BR-135, no Maranhão, obras no estado do Ceará e a BR-381, em Minas Gerais, solicitando aos superintendentes que também tenham atenção especial nas obras de manutenção realizadas diariamente nas rodovias federais sob responsabilidade do Dnit.

Freitas frisou a necessidade dos superintendentes e administradores hidroviários cobrarem desempenho das empresas, conforme previsto no contrato, e de aplicação das penalidades estabelecidas em lei, no caso do resultado ficar aquém do esperado.

O ministro enfatizou a importância dos serviços executados no período de combate ao coronavírus e do uso de Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs) pelos trabalhadores nas obras de construção e manutenção. “Nós fizemos um esforço muito grande para não paralisar empreendimento nenhum por causa da pandemia. Temos conseguido manter as obras e manter as nossas entregas com cautela”, destacou o ministro.

Além do reforço de EPIs, as equipes do DNIT recebem cuidados básicos, como a disponibilização de álcool em gel nos canteiros e alojamentos e instruções nas frentes de serviço.

O ministro Tarcísio Gomes de Freitas, finalizou a reunião elogiando o trabalho das equipes e sinalizou a importância do papel de cada um para garantir, neste momento de pandemia, uma infraestrutura de qualidade para o país.

Fonte: Assessoria de imprensa do DNIT

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui