Ônibus após tombamento na BR-040 fotografado pelo passageiro e repórter Fhilipe Pelájjio

Somente em rodovias federais o ônibus que tombou na BR-040 tem 70 multas por excesso de velocidade, num total de R$ 9.106,27 e pelo menos 280 pontos

O ônibus da empresa Nova América Turismo, com placa LSN-8736, que tombou na madrugada de sexta-feira(3) na BR-040, sentido Belo Horizonte, altura do km 718, em Barbacena, deixando uma passageira ferida, tem 70 multas por excesso de velocidade aplicadas pela PRF e não pagas.

Além disso, constam no site do Detran do Rio de Janeiro 24 multas e outras 4 no DNIT. A Nova América é uma das empresas que vendem através do aplicativo Buser.

Outros dois veículos da empresa, identificados pelo Estradas tem 48 e 14 multas, apenas por excesso de velocidade e aplicadas pela PRF, entre 2016 e 2019. Fora outras multas aplicadas por outros órgãos. Outro ônibus, que aparece no último post do instagram da empresa, tem 22 multas no sistema do Detran-RJ, aplicadas em vários estados.

Uma delas em 25 de fevereiro de 2021 em Campos do Jordão(SP), cuja fundamentação foi não informar condutor de veículo autuado. Todas as multas encontradas pelo Estradas.com.br, numa pesquisa rápida, não foram pagas.

Apesar disso, a assessoria da PRF informou ontem ao Estradas.com.br que não tinha irregularidade na viagem  do ônibus tombado da Nova América que justificasse a apreensão do veículo e que o motorista estaria habilitado para dirigir. A explicação da PRF,  foi de que multas não pagas não são motivo para apreensão do veículo.

Quanto a autorização para realizar a viagem, a PRF não fiscaliza mais essa atividade, porque acabou o convênio da corporação com a ANTT(Agência Nacional de Transportes Terrestres) há alguns anos. Conforme o portal pode apurar, um novo convênio estaria prestes a ser fechado entre a ANTT e a PRF.

De acordo com a empresa Nova América, o ônibus seguia sentido viagem quando o motorista perdeu o controle da direção. Numa versão inicial, o motorista alega que o responsável pelo tombamento seria um caminhoneiro que mudou bruscamente de faixa sem sinalizar.

O trecho onde ocorreu o tombamento é duplicado, administrado pela concessionária Via040, e fica próximo da cidade de Barbacena (MG).

Trecho duplicado e em boas condições de tráfego na BR-040/MG

Entretanto, o repórter Fhilipe Pelájjio, do blog Moon BH que estava no veículo, relatou ao Estado de Minas que vários passageiros acreditam que o motorista cochilou ao volante. E deu mais detalhes do sinistro (acidente):

“O momento foi de choque, claro. Todo mundo que estava do lado direito caiu em cima de quem estava do lado esquerdo. Todos os passageiros se ajudaram a evacuar pelas saídas de emergência superior, que com o tombo, estavam quase ao nível da rua”. O que indica que a maioria dos passageiros estavam sem o cinto de segurança.

Por meio de nota, a Buser voltou a lamentar o acidente e informou que, caso as investigações concluam que houve imprudência do motorista, a empresa parceira será desligada da plataforma. Leia o posicionamento na íntegra:

“A Buser lamenta profundamente o acidente ocorrido na madrugada desta sexta-feira (3/9), na BR-040, no município de Barbacena-MG, com o ônibus da empresa de transportes Nova América Turismo, que atua como parceira da plataforma.

A empresa ressalta que as circunstâncias do acidente ainda estão sendo investigadas. Caso haja a conclusão de que houve qualquer ato de imprudência por parte do motorista, a empresa em questão será desligada da plataforma.

Maior plataforma de intermediação de viagens do Brasil, a Buser preza sempre pela segurança de suas viagens, tendo implementado, desde o início de sua atuação, o seguro-viagem grátis para passageiros e motoristas que utilizam sua plataforma.”

Apesar da quantidade de multas por excesso de velocidade, dentre outras, o site da Buser anunciava neste sábado(4) nada menos que 36 destinos de viagem da Nova América Turismo nos próximos dias. Parece que a Buser tem um conceito diferente do que seja prezar pela segurança nas estradas.

4 COMENTÁRIOS

  1. Engraçado, qdo são outros ônibus de péssima qualidade que estão no mercado há anos e não oferecem nenhum conforto ou opção de preço daí tudo bem, não estar de cinto eh responsabilidade individual de cada um, não eh culpa do motorista. A buser vem sendo perseguida pelas empresas grandes do mercado, no Brasil eh assim, um cartel em todo setor! É só fiscalizar! O usuário precisa de opção, de preço justo e competitivo e de conforto e segurança! Outra coisa, não duvido que ele tenha tomado fechada na estrada de caminhão, isso eh o mais básico de quem dirigi nas rodovias! Os caminhoneiros impõem uma direção perigosa para os outros veículos, sempre se jogam na frente e dar seta supõe que vc possa entrar na via com segurança, e nunca eh o caso. Eles se jogam na sua frente na pista mais rápida, é criminoso!

    • Não observamos no seu comentário nenhuma preocupação com a preservação da vida dos passageiros. Afinal, pelo que escreveu, a Buser não tem nenhuma responsabilidade em credenciar empresas cujos ônibus tem centenas de multas. Portanto, quando a Buser anuncia que tem foco na segurança as pessoas acreditam que existe controle. No primeiro caso que analisamos encontramos um festival de irregularidades. Multas de todo tipo que não são pagas. Quanto as brigas comerciais estas não nos dizem respeito. Somos ligados a entidade de vítimas de trânsito e temos um programa de segurança nas estradas. Nosso foco é a preservação da vida. A defesa de interesses comerciais parece ser sua.

    • A Buser anuncia que está focada em segurança e aprova empresas para operar com seu sistema que tem centenas de multas. Nosso foco é a preservação da vida e apuramos os acidentes (sinistros) da Buser e das demais empresas há mais de 20 anos. A Buser chegou há pouco tempo, faz publicidade de foco na segurança e no primeiro caso que checamos, encontramos mais de 200 multas em quatro ônibus da empresa credenciada por eles. Com certeza o problema não é da apuração mas de quem tem a obrigação de garantir que empresas responsáveis transportem os passageiros com segurança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui