A proposta apresentada pelo grupo paulista CCR, de administrar a BR-101, Frewayy ,BR-386 (entre Canoas a Carazinho)  e Rodovia do Parque, com pedágio ao custo de R$ 4,30, foi confirmada pela comissão de outorga da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Este é mais um passo do leilão, que foi realizado em 1º de novembro.

As quatro empresas que perderam a disputa têm até o fim do mês para contestar o resultado. Em dezembro está prevista a homologação da concorrência. A assinatura do contrato deve ocorrer em 9 de janeiro.

A partir daí, a concessionária terá um mês para iniciar a recuperação das estradas e a cobrança de pedágio, que inicialmente será apenas nas praças da Freeway, em Gravataí e Santo Antônio da Patrulha. A cobrança nos demais pontos — quatro ao longo do trecho concedido da BR-386 e uma na BR-101 — está previsto para março de 2020.

Serão 473,5 quilômetros administrados pelo Grupo CCR. A empresa precisará fazer um investimento de R$ 7,8 bilhões em obras e R$ 5,6 bilhões em manutenção durante os 30 anos previstos de contrato.

Fonte:  www.radiofandango.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui