São Paulo- Começa a ser executada na segunda quinzena de agosto uma Pesquisa de Origem e Destino com usuários da Rodovia Zeferino Vaz (SP-332) na região de Cosmópolis, Paulínia, Engenheiro Coelho e Arthur Nogueira. O trabalho integra estudos para a implantação do Sistema Ponto a Ponto de pagamento de pedágio por trecho percorrido na SP-332 e tem como objetivo o levantamento do volume e das características atuais dos deslocamentos realizados pela população em suas atividades diárias. Os motoristas serão ouvidos na praça de pedágio do km 135,5, localizada na divisa entre Paulínia e Cosmópolis.

A pesquisa complementará estudo de tráfego preliminar já realizado na praça de pedágio no km 159,7, em Engenheiro Coelho, que identificou cerca de 1 mil usuários que poderão ser beneficiados com o Ponto a Ponto somente nas cidades de Engenheiro Coelho e Arthur Nogueira. Agora, a pesquisa terá um perfil de uso e movimentação também dos moradores de Cosmópolis, Paulínia e região.

Paralelamente ao estudo de tráfego e da Pesquisa Origem e Destino, também está sendo realizado levantamento sobre as possíveis localizações dos pórticos de leitura de tags do Ponto a Ponto a serem erguidos na rodovia. Nos pórticos há a leitura automática de etiquetas eletrônicas (tags) instaladas nos veículos, que transmitem ondas de radiofrequência. Quando o veículo passa sob o pórtico, essa passagem é registrada e é realizada a cobrança de valor proporcional ao trecho efetivamente percorrido pelo usuário.  O Sistema Ponto a Ponto visa tornar o modelo de cobrança da tarifa mais justo, ao viabilizar que seja pago um valor mais próximo à distância efetivamente percorrida pelo motorista, o que proporciona significativa redução de custos ao usuário.

A concessionária Rota das Bandeiras, que administra a SP-332, realiza ainda o mapeamento do fluxo de tráfego da rodovia. A previsão da ARTESP é que as pesquisas, estudos e levantamentos sejam concluídos até setembro. “A proposta é que com os estudos concluídos já sejam iniciadas as avaliações e dado prosseguimento no projeto de implementação do Ponto a Ponto na SP-332, que deverá entrar em operação até o final do ano, conforme anunciado pelo governador Geraldo Alckmin no final de julho”, explica Giovanni Pengue Filho, coordenador do Sistema Ponto a Ponto.

O Sistema Ponto a Ponto foi instituído de forma experimental em 2012 na Rodovia Eng. Constâncio Cintra (SP-360), que liga Itatiba a Jundiaí; e na Rodovia Santos Dumont (SP-75), que liga Campinas a Sorocaba. Em julho deste ano foi ampliado para a Rodovia Governador Adhemar Pereira de Barros (SP 340), que liga Campinas a Mococa. Pela economia proporcionada ao usuário, a avaliação é altamente positiva. Fonte: Ascom

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui