Operação “Caminho Curto” ainda conta com ao apoio da PM. Dez pessoas foram presas. Agentes visam cumprir 27 mandados de prisão temporária no Complexo das Retas

Polícia Federal prendeu 10 pessoas em uma operação, na manhã desta sexta-feira (13), em Itaboraí, Região Metropolitana do Rio, contra o tráfico de drogas e roubo de cargas.

A Operação Caminho Curto tem como objetivo cumprir 27 mandados de prisão temporária e 17 mandados de busca e apreensão contra criminosos da comunidade conhecida como Complexo das Retas.

De acordo com a PF, a facção criminosa que domina a região tem como principal liderança Lindomar de Oliveira Brant, o Dodô, que recentemente foi transferido de presídio federal de volta ao sistema penitenciário do Rio de Janeiro. Dodô é um dos alvos desta operação.

A região, além da forte presença do tráfico de drogas, é uma das responsáveis por elevar o índice de roubo de cargas no Estado do Rio de Janeiro, em razão da proximidade com importantes rodovias de escoamento de cargas do estado.

Os agentes deixaram a Delegacia da Polícia Federal de Niterói, por volta das 5h40, em 17 viaturas e outras duas com cães farejadores.

A operação conta com o efetivo de 80 policiais federais e com o apoio das forças especiais da Polícia Militar através dos batalhões de Operações Especiais, de Choque e Grupamento Aeromarítimo.

Fonte: www.g1.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui