A doação de sangue é pratica comum na PRF. Quanto mais as vésperas do Dia Mundial

De acordo com a Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF), objetivo é ajudar as pessoas que estão nos leitos de hospitais, vítimas de acidentes

Os policiais rodoviários federais estão sempre comprometidos no incentivo à doação de sangue. Os agentes sabem da importância que cada doação tem na hora de salvar a vida de uma pessoa que foi vítima de um acidente (sinistro) de trânsito.
De acordo com a FenaPRF, como mês de novembro celebra o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito, no terceiro domingo, está sendo reforçada a campanha, já que a maioria dos leitos dos hospitais são ocupados por pessoas que se envolveram nesses tipos de tragédia
Ainda de acordo com a Federação, além de ajudar as vítimas de acidentes de trânsito, a doação de sangue é um gesto solidário de doar uma pequena quantidade do próprio sangue para pessoas que se submetem a tratamentos e intervenções médicas de grande porte e complexidade, como transfusões, transplantes, procedimentos oncológicos e cirurgias. Cada doação pode ajudar até quatro pessoas. Faça sua parte, seja solidários e doe sangue.

Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito

Desde 2005, a Organização das Nações Unidas (ONU) estabeleceu que o terceiro domingo de novembro é o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito. Este ano, será celebrado em 21 de novembro.

A iniciativa conta com o apoio do SOS Estradas e da Trânsito Amigo, entidade de vítimas de trânsito, além de diversas outras instituições que representam os setores público e privado, bem como de personalidades e vítimas. Mais informações estão disponíveis no www.diamundial.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui