Matéria do Bom Dia SP demonstra a situação ridícula a que são submetidos os policiais rodoviários no Brasil. Patrulheiros trabalhando na Fernão Dias, que liga São Paulo à Belo Horizonte, flagram caminhoneiros em excesso de velocidade, mas não podem multar porque os radares não estão operando. Como se não bastasse, mesmo comprovando o excesso de velocidade registrado pelo tacógrafo, espécie de caixa preta do transporte rodoviário, também não podem multar porque o Contran, passados 15 anos de entrada em vigor do Código de Trãnsito Brasileiro, nunca regulamentou a aplicação de multas por este equipamento que é de uso obrigatório e que tem que estar aferido pelo Inmetro.

A impunidade estimula o excesso de velocidade, contribui para o aumento dos acidentes e desmoraliza a autoridade de trânsito. Veja a matéria e constate o absurdo.

Bom Dia SP mostra excesso de velocidade e total impunidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui