BÊBADO: No primeiro dia da Operação Finados, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Bahia prendeu duas pessoas por embriaguez ao volante. Os flagrantes ocorreram em trechos baianos das rodovias federais BR-110 e BR-101. Foto: Divulgação

De acordo com a Corporação, os homens foram encaminhados às Delegacias de Polícia Civil dos municípios

No primeiro dia da Operação Finados, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Bahia prendeu duas pessoas por embriaguez ao volante. Os flagrantes ocorreram em trechos baianos das rodovias federais BR-110 e BR-101.

Um foi por volta das 15h, no Km 113 da BR-110, região do município de Antas (BA), quando um motociclista foi abordado e a equipe de policiais constataram a embriaguez, através do teste do etilômetro (bafômetro), com o teor alcoólico aferido de 0.63 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

Além do crime de embriaguez ao volante, os policiais também verificaram que a motocicleta conduzida pelo homem, de 43 anos, possuía registro de furto/roubo. O condutor alegou ter adquirido a moto pelo valor de R$2.500,00. Os policiais também verificaram que o motociclista não possuía carteira de habilitação.

O segundo flagrante ocorreu no período da noite, por volta das 21h, no KM 883 da BR 101, região do município baiano de Teixeira de Freitas. Os policiais receberam um chamado para atender um acidente e ao chegar ao local e realizar testes de etilômetro (bafômetro) com os envolvidos, foi constatado teor alcoólico de 0.49 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

O homem, de 47 anos, colidiu com o veículo na traseira de outro carro que estava na via. Situação como esta pode ocorrer nos casos de embriaguez ao volante em razão da redução da capacidade psicomotora e dos reflexos que o álcool provoca na pessoa, às vezes o condutor não percebe a redução da velocidade do veículo que está à frente e vem a colidir, ou ainda conduz com excesso de velocidade e não guarda distância segura do veículo da frente. Felizmente, este acidente não ocasionou lesão em nenhum dos envolvidos.

Os homens foram conduzidos para as Delegacias de Polícia Civil das localidades das ocorrências para as medidas cabíveis.

A PRF alerta para os riscos de beber e dirigir, o álcool compromete a capacidade motora e os reflexos do motorista, contribuindo para o aumento dos riscos de ocorrência de acidentes, principalmente quando aliado ao excesso de velocidade e às ultrapassagens proibidas, e isso potencializa ainda mais a gravidade dos acidentes.

Seja prudente, faça sua parte, a construção de um trânsito mais seguro depende da atitude individual e consciência de cada um dos usuários das vias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui