O pastor evangélico Raimundo Ximendes, 61 anos, morreu nesta quinta-feira (5/9) após complicações nos rins. Ele é 12ª vítima do acidente de ônibus que ocorreu em julho, na MG-259. O coletivo levava fiéis para Minas Gerais tombou depois de uma curva na descida de uma serra.

Ximendes estava internado desde na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular de Taguatinga. O pastor corria o risco de ficar tetraplégico. O velório deve ocorrer na manhã de sexta-feira (6/9), na Assembleia de Deus, na quadra 6 de Taguatinga. O enterro será no fim do dia, mas ainda não tem horário definido.

O acidente

O grupo de 44 pessoas saiu de Sobradinho para inaugurar um templo religioso da Assembleia de Deus, no município localizado no Vale do Mucuri. O ônibus que levava os fiéis, no entanto, não chegou ao destino. A menos de quatro horas da cidade mineira, na sexta-feira 12 de julho, um acidente terminou com os sonhos de 10 evangélicos que seguiam no veículo.

O veículo estava próximo ao distrito de Goiabal, em Governador Valadares, quando o motorista teria perdido o controle e tombado após uma curva, na descida da Serra do Paneleiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui