A concessionária Autopista Litoral Sul, que administra os pedágios da BR-101 em Santa Catarina, e Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) derrubaram o prazo de 90 dias que havia sido previsto para vigorar as novas tarifas, com redução de 15% – passando de R$ 1,80 para R$ 1,50 para veículos de passeio. A redução deveria ser aplicada nas cinco praças instaladas no trecho entre São José dos Pinhais, na Região Metropolitana dew Curitiba e Palhoça e valeria a partir do mês de agosto. As informações são do Diário Catarinense.

A determinação para que os preços baixassem era do Tribunal de Contas da União (TCU), após uma auditoria que apontou o descumprimento do contrato de concessão da rodovia, que encontrou obras em atraso e não realizadas. A empresa e agência, no entanto, ingressaram com recurso contra o acórdão 1043/2014 e conseguiram suspender as determinações até que os contra-argumentos protocolados sejam apreciados em definitivo.

Segundo o TCU, não há data prevista para nova decisão. O contrato de concessão da rodovia foi assinado em 2008 e até o quinto ano a Autopista não havia executado nenhuma das obras mais importantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui