Consulta aberta pela Câmara de Barra Bonita verifica demanda por sistema Ponto a Ponto no pedágio

Até o fim da tarde de ontem, 894 cidadãos haviam participado da consulta pública aberta pela Câmara de Barra Bonita para mapear a demanda pelo sistema Ponto a Ponto no pedágio instalado entre Jaú e Barra Bonita, na SP-255. O questionário está disponível no site do Legislativo (www.camarabarrabonita.sp.gov.br) até o fim de setembro.

A intenção é pressionar a Agência Reguladora de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) para que a cobrança do pedágio, que pode começar no fim de novembro, seja feita de maneira proporcional para os moradores da região: aqueles que percorrem poucas distâncias pagam menos, e os que fazem viagens maiores pagam mais. Atualmente, o sistema já é adotado em ao menos duas rodovias paulistas.

A intenção é beneficiar os trabalhadores e estudantes que percorrem a SP-255 todos os dias, principalmente entre Igaraçu e Jaú e Barra e Jaú. O presidente da Câmara, Niles Zambelo Júnior (MDB), afirma que a concessionária Arteris tem um ano para fazer a pesquisa de demanda, a partir de metodologia própria. O Poder Legislativo resolveu se antecipar e apresentar o questionário agora, a fim de pressionar por celeridade na eventual cobrança ponto a ponto.

“Em audiência pública realizada no ano passado, fomos informados que tem um ano para fazer essa pesquisa, depois que começar a cobrar pelo pedágio”, afirma o vereador. Entre as perguntas apresentadas no formulário estão a quantidade de vezes que o trajeto é percorrido por semana, qual o tipo de veículo utilizado e qual o motivo da viagem. Por enquanto, moradores de Barra e Igaraçu foram os mais interessados pela pesquisa – a adesão de Jaú ainda é baixa. Além do site, o formulário também pode ser preenchido pessoalmente na sede da Câmara de Barra Bonita, situada à Rua João Gerin, 212.

Cobrança

O pedágio localizado entre Jaú e Barra Bonita poderá custar entre R$ 4,59 e R$ 6,90, dependendo do estágio de conclusão das obras de duplicação da SP-255. No ano passado, em torno de 9 mil veículos passavam todos os dias pelo trecho, segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER). Trata-se do segundo maior Volume Diário Médio (VDM) de tráfego na SP-255, a Rodovia dos Calçados, perdendo apenas para o trecho Jaú-Bocaina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui