Será aberto para o tráfego de veículos nesta sexta-feira (4) o trecho Leste do Rodoanel, rodovia que vai permitir a ligação de Mauá com a rodovia Ayrton Senna. O governador Geraldo Alckmin realizou cerimônia de entrega da obra nesta quinta-feira (3) mas ainda falta 5km para o acesso á Dutra.

A partir de hoje o tráfego estará aberto. Esse trecho vai ligar de Mauá, passando por Ribeirão Pires e Suzano, até Itaquaquecetuba, chegando na Ayrton Senna.

Impedido pela legislação eleitoral de participar de inaugurações de obras públicas a partir do dia 5 de julho, Alckmin entregou a rodovia inacabada, com detalhes que estavam sendo resolvidos às pressas pelos operários.

Funcionários da SPMar (concessionária responsável pela construção e operação do trecho Leste) ainda pintavam faixas da via próximo ao túnel Santa Luzia, em Ribeirão Pires. E a maioria dos postes de iluminação instalados estava sem lâmpadas.

Os telefones de emergência (chamados de “call-boxes”), instalados a cada 1 quilômetro de rodovia, não estão funcionando. Além disso, em alguns pontos as grades metálicas de proteção, ou “guard rails”, não foram instalados.Cerca de 200 metros de pavimento em uma faixa do Rodoanel, na chegada à Ayrton Senna, também não estavam prontos na manhã desta quinta-feira.Quem quiser utilizar o celular também terá dificuldades. O sinal é fraco ou inexistente em parte da via. E o pouco sinal existente não é disponível para todas as operadoras de celular.

O trecho Leste do Rodoanel terá no total 43,5 km de extensão, ligando o trecho Sul às rodovias Ayrton Senna e Presidente Dutra. Mas apenas 37,7 km foram inaugurados. O governador prometeu que os 5,8 km restantes serão entregues dentro de dois meses.

Pedágio
O pedágio da nova rodovia será de R$ 2,10, mas ainda não há previsão de quando os motoristas começarão a pagar a taxa. No entanto, quem estiver no trecho Sul e pretende acessar o trecho Leste vai pagar R$ 2,70 no pedágio do trecho Sul. “Não temos ainda a previsão do início de cobrança porque depende de uma série de coisas, vamos checar todos os call-boxes, a iluminação, todos esses itens, para aí autorizar a cobrança de pedágio”, afirma a diretora-geral da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), Karla Bertocco Trindade.

A Artesp promete reforçar o policiamento na rodovia enquanto os telefones de emergência e a iluminação ainda não estiverem funcionando. A expectativa é que 33 mil veículos utilizem o trecho Leste diariamente.

Acesso em Suzano
Durante a inauguração do trecho Leste, o governador Geraldo Alckmin anunciou que a Estrada dos Fernandes, em Suzano, será duplicada. Um trevo será construído na cidade pela SPMar para dar acesso ao trecho Leste do Rodoanel, o que vai beneficiar também os moradores de Ribeirão Pires.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui