Polícia Militar Rodoviária de São Paulo vai unir forças com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) para combater a criminalidade nas estradas paulistas. Foto: Divulgação/Governo de SP

Programa lançado nesta quinta-feira (11) pelo governo paulista une forças com a PRF para combater a criminalidade e garantir segurança nas rodovias

Uma boa notícia para quem trafega nas estradas de São Paulo. O governo estadual autorizou as equipes de radiopatrulha da Polícia Militar a usar espingardas calibre 12 no atendimento às chamadas do 190.

O anúncio foi feito pelo governador João Dória (PSDB) durante o lançamento da operação “Rodovia Mais Segura”, no último dia 11. “Diante de qualquer ameaça à população, risco de morte, risco de ameaça com arma, a orientação da Polícia Militar é imobilizar o bandido. Se ele reagir, ele vai para o cemitério”, disse Dória.

De acordo com o governador, a Polícia Militar só podia utilizar essas espingardas nas operações noturnas por terem alto potencial de letalidade. Durante o dia, só usava pistolas .40, arma que, impossibilita uma resposta à altura em ocorrências de maior gravidade.

Ação conjunta com a PRF

No primeiro dia da operação conjunta com a PRF, os policiais notaram, na praça de Pedágio do Rodoanel, km 16, nervosismo por parte de um condutor no momento da abordagem. Segundo a PM, o indivíduo conseguiu ingressar no veículo e tentou atropelar um dos policiais.

Na fuga, sentido Osasco, o cidadão abandonou o veículo e seguiu a pé, mas com apoio das equipes do Policiamento Territorial ele acabou sendo preso. No porta-malas do veículo foi encontrado um fuzil calibre .556.

Ainda na praça de pedágio, outro condutor foi parado e apresentou documentos. Ao retornar ao veículo, fechou as portas, acelerou e jogou o veículo em cima de um dos policiais, que precisou fazer um disparo com sua arma de fogo atingindo o pneu.

Seguido por duas viaturas, o carro entrou na rodovia Castello Branco (SP-280) e utilizou a saída 17, mas por causa do trânsito, acabou fugindo a pé e, posteriormente, foi detido com apoio da equipe policial. Ao fazer a vistoria no veículo foi encontrado um fuzil. Em seguida, o infrator tentou subornar os policiais com R$ 10 mil e foi levado ao 4º DP.

Em outra blitz, no pedágio de Itapecerica da Serra, na rodovia Régis Bittencourt (BR-116), os agentes da Policia Rodoviária Federal (PRF) encontraram 80 mil reais e 216 dólares num compartimento secreto, dentro do painel de um carro com placas de Belo Horizonte. Os agentes desconfiaram da origem do dinheiro e os dois ocupantes do veículo foram levados para a delegacia.

O programa “Rodovia Mais Segura” é a primeira ação do governo do estado em parceria com o governo federal. No ano passado, só nas rodovias federais, os agentes apreenderam 23 toneladas de maconha, um aumento de quase 200% em relação a 2017.

Além disso, apreenderam seis milhões de maços de cigarros, o que representa 75% a mais que a quantia apreendida em 2017. Segundo o governador, a segurança e a fiscalização devem aumentar. “O Programa ‘Rodovia Mais Segura’ já conta com 17 mil policiais, 8 mil viaturas e 11 helicópteros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui