Atrito no chicote elétrico pode levar a curto circuito no compartimento do motor; 5.547 unidades estão envolvidas

A Toyota está convocando para recall no Brasil 5.547 unidades do híbrido Prius produzidas entre 2015 e maio de 2018. Este chamado é global e se dá pela possibilidade de incêndio no compartimento do motor.

De acordo com a fabricante, o problema está no chicote elétrico conectado à unidade de controle de potência do sistema híbrido. O atrito entre ele e sua própria proteção causará o desgaste do isolamento do chicote.

Sem o isolamento correto, há risco de curto circuito, que poderá causar incêndio no compartimento do motor do veículo. Além de danos materiais, há risco de lesões físicas graves ou até mesmo fatais ao condutor e demais ocupantes do veículo caso o incêndio se propague.

O reparo dos Toyota Prius envolvidos poderá se limitar a instalação de fita protetora mecânica resistente a atrito no chicote. Caso o reparo não seja possível, o chicote será trocado por um novo já protegido do atrito. O tempo de reparo pode variar entre 1h30 e 6 horas.

As unidades envolvidas foram produzidas entre 13/10/2015 e 15/05/2018 e têm os sete últimos números do chassi entre 3000137 e 3602652. Para saber se seu veículo está envolvido ligue na Central de Relacionamento da Toyota: 0800-703-0206.

Fonte: www.quatrorodas.abril.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui