RETORCIDO: Honda Civic ficou irreconhecível, depois de ser prensado pelas carretas. Tragédia teve cinco mortes, sendo quatro do Civic. Foto: Divulgação

Quatro dos cinco mortos em acidente, que ocorreu no Km 94 da BR-116, nessa terça (10), moravam no bairro Pilarzinho, em Curitiba

As cinco vítimas fatais do grave acidente ocorrido nessa terça-feira (10), no Km 94 da BR-116, em São José dos Pinhais (PR), foram identificadas como sendo de Rogério Carvalho, seu filho, Ryan Carvalho, Rafael Denk e Bruno Denk, que são primos.

A colisão envolveu cinco veículos, sendo o Honda Civic, duas carretas e dois caminhões 3/4. A outra vítima fatal, Nilson das Naves Mann, de 34 anos, dirigia num dos caminhões 3/4, que foi atingido na traseira e prensado na carreta Scania, que, por sua vez, prensou o Honda Civic, que viajava os quatro moradores do bairro Pilarzinho. Nilson era casado e deixou esposa e uma filha adolescente. Ele morava em Curitiba.

HONDA CIVIC: Os quatro ocupantes do Civic morreram na hora. Rogério Carvalho, o filho Ryan Carvalho, Rafael Denk (motorista), e o primo Bruno Denk. Foto: Reprodução Rede Sociais

De acordo com informações, Rafael Denk, de 25 anos, dirigia o Civic. Além dele, estavam o primos Bruno Cristian Denk, o garoto Ryan Carvalho e o pai de Ryan Rogério Carvalho. Eles estavam indo ao posto da PRF localizado a menos de um quilômetro do acidente para buscar um veículo apreendido na segunda-feira (9).

Ainda conforme informações, Bruno Cristian foi abordado pela PRF e como não possuía habilitação, o veículo foi apreendido. Para conseguir liberar o automóvel, Bruno pediu para o primo o levar no posto da PRF. Como precisaria de mais alguém habilitado para trazer o carro que estava apreendido convidou o amigo, Rogério Carvalho, que acabou levando o filho para fazer companhia.

Quando se aproximavam do posto da PRF para realizar a liberação do automóvel, o carro onde estavam foi esmagado por caminhões e os quatro familiares morreram no local.

Motorista de caminhão morre em acidente

Além dos membros da mesma família o motorista de um dos caminhões também não resistiu ao acidente. Nilson das Naves Mann, de 34 anos, chegou a ser atendido por uma ambulância do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), mas morreu a caminho do hospital.

CAMINHÃO-BAÚ: Morador de Curitiba, Nilson Mann, de 34 anos, deixou esposa e filha adolescente.

O homem, que era natural de Pato Branco, morava em Curitiba com a família. O sepultamento será na cidade de Coronel Domingos Soares.

Vítimas do acidente no Contorno Leste

  • Nilson das Neves Mann
  • Bruno Cristian dos Santos
  • Rogério Augusto de Carvalho
  • Ryan Augusto de Carvalho
  • Rafael Denk

Acidente na BR-116

De acordo com a PRF, testemunhas disseram que havia fila de veículos e o trânsito estava lento quando ocorreu a colisão. “Nós tava parado na fila, que geralmente de manhã aqui sempre é movimento, então, eu parei, aí veio a carreta sem freio e empurrou todo mundo”, contou um dos caminhoneiros.

Ainda conforme a PRF, o local estava devidamente sinalizado e um veículo de apoio da concessionária Litoral Sul sinalizava o final da fila, na altura do Km 93.

Inicialmente, a carreta colidiu contra um caminhão-baú, empurrando este contra uma segunda carreta, que acabou por prensar um automóvel Honda Civic contra uma terceira carreta. A pista da BR-116, sentido Campo Largo, precisou ser completamente interditada e foi liberada por volta de 13h45.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui