Polícia Rodoviária Federal completa 90 anos salvando vidas

Postado dia 9/7/2018 | Tags:, , , , , , , , , | 0 comentário

A PRF- Polícia Rodoviária Federal está completando 90 anos.  Há poucos dias ocorreu uma justa homenagem na Câmara dos Deputados a Polícia Rodoviária Federal, a chamada PRF, por nove décadas de atuação nas nossas estradas e rodovias.

A PRF foi criada em 24 de julho de 1928, pelo então Presidente Washington Luís, grande incentivador da construção de rodovias, tanto que é dele a famosa frase: “Governar é abrir estradas!”. Ele percebeu também que, com o aumento do uso de veículos nascia a necessidade de organizar o trânsito, fiscalizar e também apoiar os usuários das estradas.

O primeiro passo foi a criação da Polícia das Estradas e sete anos depois, em 23 de julho de 1935, surgiu o primeiro núcleo de servidores que deram origem a nossa PRF. Data que marca o Dia do Policial Rodoviário Federal.

Atualmente são 10 mil homens e mulheres cuidando de 65 mil km de rodovias de um país continente. Originalmente criada como polícia de trânsito, hoje a PRF enfrenta vários desafios, desde cuidar da circulação e segurança do tráfego nas rodovias, até o combate a criminalidade, em particular o tráfico de drogas, contrabando, roubo de cargas, crimes ambientais, exploração de crianças nas estradas.

O efetivo atual é o mesmo de 1994, portanto é evidente que a PRF precisa realizar novos concursos, até porque sua atuação é economicamente importante para o país e o próprio Governo. Afinal, a redução de acidentes representa economia importante e o combate a criminalidade também traz benefícios para a sociedade e até para a arrecadação de impostos, basta ver os prejuízos causados pelo contrabando.

Atualmente mais de 80% das pessoas aprovam a atuação da PRF e entendem sua importância. Na recente paralisação dos caminhoneiros, a PRF foi essencial para a manutenção da democracia, intervindo com rigor mas responsabilidade quando teve que atuar. Evitando que o eventual uso político do movimento pudesse causar conflitos que nada tinham a ver com os interesses e pleitos dos próprios caminhoneiros.

Naturalmente que o Governo precisa apoiar a PRF cada vez mais, entretanto, a sociedade também precisa participar desse processo. Até porque ela é a maior beneficiada da presença de uma polícia bem treinada, equipada e disposta a cumprir sua função com seriedade e dedicação. Cada cidadão pode contribuir respeitando as leis do trânsito quanto está nas rodovias, reconhecendo o trabalho dos policiais rodoviários bem como informando a própria PRF de eventuais desvios de comportamento dos que não honram a farda da instituição.

A valorização do Policial Rodoviário Federal não passa apenas pela estrutura, viaturas, condições de trabalho e remuneração, é fundamental o reconhecimento da opinião pública, o estímulo para que continuem atuando cada vez melhor em prol dos brasileiros e da segurança viária. Aos nossos governantes de hoje e do futuro, é importante lembrar, como diria Washington Luís, que Governar é construir estradas mas também garantir a segurança de quem por elas circula.
Rodolfo Rizzotto – Coordenador do SOS Estradas e Editor do Estradas.com.br


Notícias Relacionadas




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *