MEGAOPERAÇÃO: A ANTT deflagrou neste mês a Operação Pascal para combater o transporte clandestino de passageiros em todo o Brasil. Foto: Divulgação

De acordo com a Agência, megaoperação tem como propósito combater o transporte clandestino de passageiros

A Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT) iniciou neste mês uma megaoperação com o propósito de combater o transporte clandestino de passageiros. Chamada de Operação Pascal (em homenagem ao matemático Blaise Pascal, desenvolvedor do primeiro sistema de transporte coletivo), o esquema especial, que segue até dezembro deste ano, será colocado em operação no transporte interestadual, semiurbano interestadual e internacional sob responsabilidade da ANTT.

De acordo com a Agência, o Canal Verde Brasil, rede nacional inteligente de percepção, acompanhamento e mapeamento de fluxos de transporte nos corredores logísticos para a produção de dados da ANTT, é um dos instrumentos que está sendo utilizado no planejamento ao combate ao transporte irregular. São pórticos que leem as placas dos veículos na rodovia e dão sua localização em tempo real para ANTT.

A Operação Pascal fechou, nesta quarta-feira (8), o resultado da primeira semana da ação no Distrito Federal e em Goiás. Foram 30 veículos apreendidos, 126 autos de infração lavrados, envolvendo em torno de 300 passageiros que, apesar da viagem interrompida, chegaram em seus destinos e tiveram suas passagens custeadas pelos infratores.

A ANTT ainda reforça o alerta sobre os riscos de embarcar em transporte clandestino e o perigo maior neste momento, de contágio pelo coronavírus, pois esses veículos não cumprem os protocolos sanitários e de higienização adotados pelas empresas regulares. Além disso, é comum ocorrerem diversas irregularidades nos veículos, como ausência de itens obrigatórios de segurança e itens com defeitos, pneus carecas e para-brisas trincados.

Fonte: Assessoria de imprensa da ANTT

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui