CONCRETO: O DNIT iniciou, nessa quarta-feira (11), a pavimentação em concreto da pista principal da BR-163, em São José do Cedro, na altura do km 97, em Santa Catarina. Foto: Divulgação/Dnit

De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), sistema ‘Pare-e-Siga’ ficará implantado enquanto durarem as obras, em São José do Cedro

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) iniciou, nessa quarta-feira (11), a pavimentação em concreto da pista principal da BR-163, em São José do Cedro, na altura do km 97, em Santa Catarina.

De acordo com o Dnit, o pavimento, atualmente em asfalto (pavimento flexível), será todo coberto por concreto (pavimento rígido), o que traz ganhos de durabilidade e segurança para uma rodovia marcada pelo grande fluxo de carretas de transporte de grãos.

Segundo a Autarquia, a escolha pelo concreto deve-se à característica da BR-163, que é de um corredor logístico de insumos para o agronegócio. No local, será realizado um serviço inovador chamado whitetopping, no qual o concreto é lançado diretamente sobre o asfalto, utilizando-o como base.

Obras diversas

A operação inicia após diversas ações na BR-163, como a inauguração do viaduto de acesso a São José do Cedro, a rótula de acesso ao município de Princesa, e a construção de ruas laterais ao longo da rodovia. O passo seguinte é avançar na pista principal com a nova pavimentação.

Alterações no tráfego:

Segundo o Dnit, durante o dia, o tráfego de veículos será interrompido totalmente, nos dois sentidos, por duas horas, para que a pavimentação seja aplicada. Após esse período, o tráfego será aberto em meia-pista, no sistema ‘Pare-e-Siga’, até zerar a retenção de tráfego.

Com o fim da retenção, a rodovia volta a ser completamente interditada por mais duas horas para sequência das obras. Depois, há nova execução de ‘Pare-e-Siga’ em meia-pista até que a retenção de veículos seja novamente zerada. O trabalho segue nesta alternância diariamente das 7h às 18h.

À noite, não haverá obra, mas, devido à necessidade de secagem do concreto aplicado, o tráfego seguirá em meia-pista e no sistema ‘Pare-e-Siga’.

Os trabalhos serão diários e vão avançando ao longo da rodovia. O sistema Pare-e-Siga’ seguirá sendo executado 24 horas por dia enquanto as obras perdurarem – inclusive aos finais de semana. Os motoristas podem utilizar rotas alternativas e desvios por rodovias estaduais.

Segundo o Dnit, haverá sinalização necessária para segurança da operação. Os condutores devem redobrar a atenção no local dos serviços.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui