OPERAÇÃO NATAL: A Eco101, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), inicia às 14h desta quinta (24), uma operação especial com reforço de recursos operacionais em locais estratégicos da BR-101. Foto: Divulgação

De acordo com a Eco101, recursos serão destinados às obras de ampliação, duplicação, restaurações e equipamentos

A concessionária que administra a rodovia BR-101, no trecho do Espírito Santo a Bahia, deverá investir cerca de R$ 414 milhões em 2021. O montante será destinado a ampliações, duplicações, restaurações, equipamentos, sistemas, dentre outros serviços de manutenção. Os investimentos, que serão realizadas para garantir mais segurança e trafegabilidade, devem gerar, ainda, cerca de 500 empregos diretos e outros 1500 indiretos no Espírito Santo.

De acordo com o diretor-superintende da concessionária, Carlos Eduardo Xisto, está sendo finalizada a duplicação do trecho de Viana a Guarapari, além do da duplicação de 22 quilômetros entre Guarapari e Anchieta, obra que contará com R$ 100 milhões em investimentos, o que proporcionará, além da modernização da rodovia, mais conforto e segurança aos usuários da rodovia.

“Além das obras de ampliação da rodovia, a Concessionária atua constantemente na manutenção e recuperação da pista. Para a realização desta obra, a Concessionária está investindo cerca de R$ 89 milhões em 2021, sendo deste total R$ 66 milhões para o Trecho Norte. No Sul, as intervenções já iniciaram em Viana, entre os Kms 297 e 305. No primeiro semestre de 2021, as obras serão concentradas entre Viana (Km 305) e Guarapari (Km 335), restaurando pista antiga do atual trecho duplicado. Na sequência, serão realizadas intervenções entre os Guarapari (Km 335) e Alfredo Chaves (Km 357)”. Já no Norte, as intervenções serão iniciadas em março nos segmentos entre Mucuri (BA) à Conceição da Barra (ES), no segundo semestre de 2021 inicia-se também o segmento entre Conceição da Barra e Aracruz, ressaltou Xisto.

Duplicação

No trecho em que estão sendo realizadas obras de duplicação (Guarapari a Anchieta) já foram realizados o resgate e remanejamento de fauna, além do transplante de pequenas espécies de flora que estejam em extinção. No momento estão sendo realizados serviços de terraplanagem, fase em que são realizadas as movimentações de terra para construção da nova pista.

Com a duplicação deste trecho, a concessionária construirá 2 novas interseções. A primeira delas será próxima ao Km 354 em Anchieta, permitindo os movimentos de acesso ao bairro Jabaquara e conexão à rodovia ES-146, que permite o acesso às praias de Anchieta, Ubu e ao Porto da Samarco. A segunda interseção será no Km 357,7 também em Anchieta, dando acesso ao município de Alfredo Chaves pela rodovia ES-146.

As duas interseções serão dotadas de viadutos, que permitirão os movimentos de entrada, saída e cruzamento da BR-101 de maneira segura sem a necessidade de parar ou cruzar com os veículos que estiverem viajando pela BR-101.

Além disso, serão construídas 4 pontes, neste trecho, uma no Km 337,2 sobre o Rio Conceição com 18,40 m de extensão, outra no Km 339,3 sobre o Rio Jabuti, está com 70,51 m de extensão. Já a terceira estrutura deste trecho será sobre o Rio Grande no Km 347,9 com 11,90 m de extensão e por último a ponte sobre o Rio Benevente, no Km 354,7, com 94 m de extensão. Nestes pontos, as pontes na rodovia existente também passarão por obras de restauração e modernização.

Balanço

Dentro do cronograma de obras e investimentos da concessionária, foram entregues até o momento: os trechos duplicados entre Viana e Guarapari (24 quilômetros), Anchieta (2,5 quilômetros), Ibiraçu (4,5 quilômetros), João Neiva (2,5 quilômetros), e o Contorno de Iconha (7,8 quilômetros).

Além das duplicações, a concessionária também entregou em 2020, três novos viadutos (dois, que fazem parte das obras nos municípios de Viana, Vila Velha e Guarapari (Viaduto de Guarapari e Amarelos) e o viaduto localizado no quilômetro 305 da BR-101, que faz interseção com a BR-262). Nesta estrutura, modernizada e ampliada, além da interseção em desnível, foram construídas quatro alças direcionais que permitem acessos às rodovias federais de maneira segura, sem cruzamento de tráfego em nível. Além disso, por baixo do viaduto, a rodovia foi duplicada.

Somado a esses três viadutos (Kms 335, 321 e 305), que fazem parte das obras de duplicação de Viana a Guarapari, outras três estruturas foram construídas e liberadas ao tráfego pela concessionária, totalizando seis novos viadutos no trecho sul da BR-101. Estes últimos localizados nos Kms 298, 298,5 e 302, em Viana.

Passarelas

A Eco101 implantou 16 passarelas de pedestres ao longo da rodovia, e, em julho deste ano, iniciou a implantação de três estruturas em Viana, totalizando as 19 passarelas previstas no Contrato de Concessão. Vale destacar que estas três últimas passarelas foram antecipadas do 20º ano de concessão (ano 2033) para o 8º ano concessão (2021).

Investimentos

Desde que assumiu a concessão, já foi investido na BR-101, R$ 1,7 bilhão em obras de modernização, melhorias e ampliação e serviços operacionais. Esses recursos foram aplicados no recapeamento da estrada existente, na recuperação de dispositivos de drenagem, na construção de 12 bases de atendimento aos usuários (todas com ambulância e guinchos), na reforma de seis postos e três delegacias para a PRF, no nivelamento de 100% da rodovia, na recuperação de sinalização horizontal e na substituição de 15 mil placas de sinalização.

Com informações da assessoria de imprensa da Eco101

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui