MAIS SEGURANÇA: Concessionária Eixo SP investe em tecnologia para aumentar a segurança dos usuários e evitar evasões em pedágio. Foto: Divulgação

Eixo SP, recém-chegada à malha viária do estado de São Paulo, com a concessão PiPa, investe em equipamentos de captura e processamento de imagem fornecidos por uma empresa brasileira

A concessionária Eixo SP, responsável por mais de 1,2 mil quilômetros de estradas no interior paulista, resolveu ampliar o investimento na segurança dos usuários das 12 rodovias sob sua operação, e implantou monitoramento feito por dispositivos Pumatronix, que fazem detecção, registro e identificação de placas veiculares, além do armazenamento e gerenciamento das informações.

De acordo com o representante da Pumatronix, Fábio Ávila, as soluções estão presentes em 20 das 21 praças de pedágio em operação no trecho da concessionária, que contempla a maior concessão de rodovias do Brasil.

Segundo Ávila, são, no mínimo, dois equipamentos por pista: um que captura a foto da parte frontal e outro que detecta a lateral do veículo para a contagem dos eixos. “Esse investimento em tecnologia é muito positivo para a concessionária, uma vez que os sistemas inibem as evasões de pedágio que causam prejuízos a arrecadação”, explica.

No cado da Eixo SP, foi feita uma parceria com a Tecsidel do Brasil e mais de 1.000 equipamentos foram instalados nas praças de pedágio nos projetos integrados por eles. “O fato de ser fabricante nacional é positivo para as concessionárias, uma vez que a manutenção e o suporte se tornam mais acessíveis. Cabe ressaltar que a solução oferecida pela Pumatronix é tecnologicamente aderente à realidade do mercado brasileiro, de acordo com o grupo de Concessão”.

Solução inteligente

Os mil equipamentos ITSCAM VIGIA+ fazem o monitoramento e a fiscalização de veículos, além de auxiliar na detecção de eixos. A solução é considerada um recurso completo no registro de veículos para um cenário externo, como o de uma concessionária de rodovias, uma vez que possibilita tanto a utilização de gatilho físico ou virtual (trigger) quanto a captura de imagens – com muita ou pouca incidência de luz local e de forma panorâmica.

Além do foco para evasão, arrecadação e gestão da operação nas praças de pedágio, a solução – que possui OCR embarcado e flash integrado – pode ser utilizada para outros segmentos, balanças rodoviárias, portos e aeroportos, enfim, onde for necessário fiscalizar o trânsito de veículos a curtas distâncias. O equipamento também tem recursos desenvolvidos para a exposição em diversas condições climáticas.

Segundo Ávila, monitorar os dados de origem e destino, e obter informações assertivas, auxilia na tomada de decisões, sendo um benefício para as concessionárias e também ao usuário das pistas. “Por exemplo: De onde vem os principais fluxos de veículos? Para onde eles vão? Existe uma rotina a ser mapeada? Ao controlar tais pontos de passagem nas praças com equipamentos de alta tecnologia, as concessionárias passam a compreender melhor os itinerários e, dessa forma, podem planejar ações para melhorar a vida do usuário”, finaliza. Mais informações no site da pumatronix.

3 COMENTÁRIOS

  1. Essas empresas estão de brincadeira, vão surrupiar o dinheiro do usuário com pedágio e multas,pistas ruins, já não conseguimos andar a uma certa velocidade respeitando os limites, agora estaremos mais prejudicados ainda, pois teremos trechos em que não se consegue andar dentro do limite de velocidade devido ao trânsito lento dos veículos, agora cheio de radares ficará impossível, sem falar que as praças de pedágio são muito próximas uma das outras, não dá nem 40 km.verdadeiro roubo isso.

  2. Vamos incentivar a volta das ferrovias em todo o Brasil, de preferência ao lado dessas rodovias, com isto, teremos opções mais barata e menos poluentes de transportes de massa e carga. Sem o “panóptico” de busca sempre em $$$$$$$

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui