CAMPANHA: O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) divulgou, na sexta-feira (7), o cronograma e os temas da Campanha Educativa de Trânsito de 2020. Foto: Divulgação

De acordo com a Seguradora Líder, pandemia motivou maior atenção entre os meses de agosto e dezembro

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) divulgou, na sexta-feira (7), o cronograma e os temas da Campanha Educativa de Trânsito de 2020. Por conta da pandemia da COVID-19, este ano, os esforços estarão concentrados entre os meses de agosto e dezembro. As definições foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU), por meio da Portaria 194/20.

De acordo com a Seguradora Líder, o tema principal de 2020 é “Perceba o risco, proteja a vida”, que deve ser divulgado pelos órgãos e entidades do Sistema Nacional de Trânsito (SNT), adaptando as mensagens e iniciativas às realidades de cada região. O mote foi explorado, de forma 100% online, durante o mês de maio, dentro dos esforços do Maio Amarelo, como divulgado na 135ª edição da newsletter Líder Informa.

Ainda de acordo com a empresa, até dezembro estão previstas cinco campanhas educativas, abordando temas como a importância do cinto de segurança e dispositivos de retenção infantil; o respeito no trânsito e os usuários mais vulneráveis; o perigo do período noturno no trânsito; os impactos sociais dos acidentes do trânsito; e os riscos de beber e conduzir. O principal momento do ano será durante a Semana Nacional de Trânsito, de 18 a 25 de setembro.

Conheça abaixo os temas:

AGOSTO – Uso de cinto de segurança e dispositivo de retenção infantil. O objetivo das campanhas educativas é ressaltar que o uso destes equipamentos salva vidas.

SETEMBRO – Serão duas abordagens: usuários vulneráveis e respeito no trânsito. A ideia é abordar a vulnerabilidade dos pedestres, ciclistas, motociclistas e pessoas com deficiência, que são os mais expostos ao risco, além de alertar que o uso do capacete pode salvar vidas. As campanhas também deverão abordar a relação de violência e conflitos entre os usuários do trânsito, reforçando seu caráter coletivo e reforçando a importância de cuidar de si e do outro.

OUTUBRO – Com o mote “Ver e ser visto”, a campanha terá como foco os perigos do período noturno no trânsito, onde há maior risco de acidentes envolvendo os usuários vulneráveis pela dificuldade de visibilidade.

NOVEMBRO – Impactos sociais dos acidentes, trazendo o tema do Dia Mundial em Memória às Vítimas do Trânsito (realizado no terceiro domingo de novembro). As campanhas devem levar a uma reflexão sobre como as lesões e sequelas psicológicas e sociais impactam a vida das vítimas e de seus familiares depois do acidente.

DEZEMBRO – Álcool e condução: riscos do uso de substâncias psicoativas lícitas e ilícitas. Em decorrência das festas de fim de ano, as campanhas terão como foco alertar motociclistas e condutores sobre os perigos de pilotar ou dirigir após o consumo dessas substâncias, além da promoção de ações integradas com a fiscalização.

Fonte: Seguradora Líder

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui