O DNIT homologou o resultado da licitação de três lotes, de um total de 11 lotes, das obras de adequação de capacidade da BR-381/MG, incluindo duplicação, melhoramentos e ampliação de capacidade e segurança. As obras compreendem o trecho de 303 quilômetros localizados entre Belo Horizonte e Governador Valadares. Três lotes estão em fase de recurso e outros três lotes, em fase de negociação. Nos dois lotes restantes, os preços continuaram acima do orçamento estimado pela Administração após a sessão pública realizada na sede da Autarquia, nesta quarta-feira.  Veja a Ata dessa reunião.

Para os dois lotes cujas propostas das empresas superaram o orçamento da Administração, o DNIT planeja iniciar novo processo de licitação. No caso dos três lotes que estão em negociação, a Autarquia deu um prazo de 48 horas para que as empresas apresentem a documentação de habilitação e nova proposta de preços. Recebidos os documentos e propostas, a Comissão de Licitação do DNIT fará a análise e marcará sessão pública para divulgação do resultado. Divulgado o resultado, abre-se a fase de recursos.

A licitação foi encerrada em três lotes: nº 3.1, que vai do km 288,4 ao Km 317,0, totalizando 28,6 km, vencido pelo Consórcio Grupo Isolux, Corsan, Engevix; nº 3.3, para construção de túneis pelo Consórcio Toniolo, Busnello, GP Consultoria; e o lote 07, para obras entre o km 389,5 e o km 427,0 a serem executadas pelo Consórcio Brasil, Mota, Engesur. A homologação do resultado será publicada no Diário Oficial da União de sexta-feira (16/08), possibilitando a assinatura dos contratos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui