DADOS: O número de acidentes nas estradas pernambucanas deve chegar ao fim deste ano com retração de 17%, de acordo a estimativa, divulgada nesta terça-feira (29), pelo Seguro DPVAT. Foto: Divulgação

De acordo com levantamento, estado apresenta variação de -4,6% no total de mortes

O ano de 2020, marcado pela série de restrições na movimentação por causa da pandemia de Covid-19, deve chegar ao fim com uma retração de 17% no número de acidentes de trânsito em Pernambuco. A estimativa, divulgada nesta terça-feira (29), é do Dpvat – seguro obrigatório para indenizar vítimas de acidentes de trânsito.

Segundo o levantamento, o Estado, que registrou 14.093 acidentes em 2019, deve encerrar 2020 com 11.704 ocorrências. Em relação ao número de mortes, a projeção indica que Pernambuco terá estabilidade. A variação será de -4,6%. Em 2019, 1.368 pessoas perderam a vida no trânsito no Estado. Já em 2020, o total deverá ficar em 1.305.

Apesar da redução de óbitos esperada para 23 das 27 unidades da Federação, o Brasil deve permanecer com média de 30 mil mortes por ano. Apenas Santa Catarina (18,1%), Paraná (7,5%), Mato Grosso (1,6%) e Mato Grosso do Sul (1,2%) apresentam tendência de elevação de mortes. O cenário nacional deve ficar em 29.396 óbitos – ante 31.556 em 2019, uma retração de 6,8%.

O estudo prevê uma queda de 19% no número de acidentes em todo o País, considerando o período de isolamento social. A estimativa é que 229.646 vítimas sejam indenizadas pelo seguro em acidentes ocorridos neste ano. Todos os dados estatísticos agora estão disponíveis num painel online inédito para consulta pública.

Em nove anos, o Brasil saiu da marca de 43.256 mil mortos no trânsito em 2011 para 30.371 mil mortos em 2019. Ainda abaixo da meta da Década de Ação pela Segurança no Trânsito da Organização das Nações Unidas (ONU). Com o acordo, esperava-se que, até 2020, houvesse uma redução de 50% no número de mortes.

Acesse o levantamento na íntegra

Levantamento para Pernambuco:

Acidentes
2019: 14.093
2020: 11.704 (projeção)
Redução de 17%

Mortes
2019: 1.368
2020: 1.305 (projeção)
Redução de 4,6%

Invalidez permanente
2019: 9.562
2020: 7.668 (projeção)
Redução de 19,8%

Reembolso de despesas médicas
2019: 3.163
2020: 2.731 (projeção)
Redução de 13,7%

Fonte: Folha de Pernambuco

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui