COXINS: Fiat convoca 111 unidades do Fiat Toro, a diesel, por problemas nos coxins do motor. Foto: Divulgação

De acordo com a montadora, chamado envolve 111 unidades com motor a diesel; há risco de incêndio em caso de batidas

A Fiat iniciou nessa segunda-feira (17) um recall de 111 modelos da picape Toro, a diesel, por apresentarem um problema nos coxins de absorção de vibrações do motor do veículo.

De acordo com a montadora, as versões que devem atender ao chamado têm motor a diesel, e são do ano/modelo 2018/2019, 2019/2019 e 2019/2020. Os números de chassi são não sequenciais (últimos seis dígitos) entre C14362 e C82702.

A empresa identificou que esses veículos foram produzidos com os coxins não específicos para a motorização em questão. Caso haja uma batida frontal do veículo, o motor poderá se deslocar e danificar o filtro de combustível. Isso leva a vazamento de combustível em regiões de temperatura elevada do motor.

Agendamento antecipado

Em casos extremos poderá ocorrer o risco de incêndio. A Fiat alerta que o tempo mínimo para o reparo é de aproximadamente duas horas. Para consulta dos chassis envolvidos ou obter mais informações, o consumidor pode visitar o site www.fiat.com.br ou contatar a Central de Serviços ao Cliente Fiat pelo telefone 0800-707-1000 ou por meio do WhatsApp da Fiat no número (31) 2123-6000.

Toro a diesel teve recall em 2019

Em 2019, a Fiat fez um recall de 2.912 unidades do Toro. Os veículos, das versões com motor a diesel ano/modelo 2019/2020, apresentaram um problema envolvendo o filtro de combustível da picape.

No caso de uma batida frontal, o filtro pode se danificar e permitir o vazamento de diesel no motor. Caso o combustível atinja áreas quentes, como o escapamento, a picape pode se incendiar após a batida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui