TRAGÉDIA: A jovem Laysa Pereira Tavares Cerut, de 29 anos, (destaque) morreu atropelada depois de ter ajudado duas vítimas de um acidente na BR-364, em Vilhena (RO). Foto: Divulgação

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a jovem, que havia ajudado no socorro às vítimas de acidente na rodovia, passou mal e caiu na pista, sendo atropelada por uma carreta Volvo

Uma fatalidade tirou a vida da filha do ex-vice-prefeito de Vilhena, Darci Cerutti. Laysa Pereira Tavares Ceruti, de 29 anos, foi atropelada por uma carreta na BR-364, nas proximidades do Rio Piracolino, em Vilhena (RO), de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Ainda de acordo com a PRF, no final da tarde, um motociclista seguia pela rodovia sentido Porto Velho e ao manobrar para adentrar a uma estrada vicinal, foi atingido pela picape GM S-10, que trafegava no sentido oposto. O piloto da moto, ainda não identificado, foi arremessado a alguns metros e ficou ferido gravemente.

Conforme relato dos agentes, Laysa, que teria ido visitar uma amiga na região, parou para socorrer as vítimas. Ela acompanhou o resgate realizado pelo Corpo de Bombeiros que levaram o motociclista para o Hospital Regional.

Os PRFs informaram que Laysa permaneceu ao lado do motorista da picape, quando acabou passando mal e desmaiando. A jovem caiu sobre a pista e acabou atropelada por uma carreta bitrem Volvo e morreu no local.

Tristeza na família

Darci Cerutti, pai de Laysa, publicou em uma rede social, horas depois da morte da filha: “Dizem que é contra a natureza que um filho parta antes dos pais; que um pai enterre um filho. E eu entendo esse sentimento, e sei bem quanto custa, quanto dói. Minha Filha Laysa que dor estou sentindo neste momento, não tenho palavra para expressar. Que Deus te receba e te acolha num bom lugar. Você estará eternamente em meu coração. Saudades eternas!”

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui