Associações Empresariais e prefeitos da região se reúnem com a Comissão Técnica de Estudos

As discussões sobre a concessão e instalação das praças de pedágio no trecho Sul da BR-101 voltam à pauta nesta quarta-feira, dia 7, na Associação Empresarial de Criciúma (Acic). As associações empresariais e prefeitos da região se reúnem, a partir das 14 horas, com a Comissão Técnica de Estudos da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc).

O objetivo do encontro é ouvir a experiência da federação quando o mesmo assunto foi tratado na região Norte do Estado.  As sugestões de alterações no projeto de implantação das praças de pedágio serão reunidas em um único documento e encaminhadas para a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Conforme o presidente da Acic, Moacir Dagostin, é de extrema importância a análise de uma equipe técnica para esclarecer e também dar subsídios às reivindicações. “Há questões que acreditamos que precisam ser revistas como o número de praças, a distância entre as mesmas, a utilização de tecnologia, com a informatização do sistema, e a igualdade de valores com o Norte do Estado”, destaca Dagostin.

“A reunião desta quarta-feira será o desdobramento da conversa que estamos fazendo com os prefeitos da região, associações empresariais e das Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDLs) de toda a AMREC. Não podemos aceitar as decisões da ANTT sem estudar o que se pretende fazer, procurando, claro, o melhor para o bem-estar da população do Sul”, complementa o presidente da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) e prefeito de Siderópolis, Helio Roberto Cesa, o Alemão. A intenção da ANTT é instalar quatro praças de pedágios no trecho Sul da BR-101, em Laguna, Tubarão, Araranguá e São João do Sul.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui