APRESSADINHO: Estradas apurou que o ônibus Scania, placas tem 8 multasd por excesso deveçlocidade, todas cometidas entre junho e outubro dste ano. Fotos: Divulgação/PRF-PI

Levantamento do Estradas aponta 10 multas cometidas, entre junho e outubro de 2021. Empresa não antedeu às ligações da reportagem

O ônibus Scania, placas LPT-0135, prefixo 200410, da Viação JFG (Transbrasil), envolvido no acidente (sinistro), na manhã deste sábado (16), em Colônia do Gurguéia, no Sul do Piauí, foi flagrado cometendo dez infrações de trânsito, pelos radares do Dnit e da PRF, entre junho e outubro deste ano. Em média, são duas multas por mês.

Entre as infrações, oito são por transitar em velocidade superior à máxima permitida, em até 20% do limite. As outras duas, no mesmo dia, em 22/06/21, foram por conduzir veículo com equipamento obrigatório em desacordo com a lei.

O Estradas entrou em contato com a empresa JFG, responsável pelo ônibus, para obter detalhes a respeito da ocorrência. O sr. Francisco, que atendeu à ligação, informou que o veículo está alugado para outra pessoa, de prenome Evandro. Ele disse que não tinha mais detalhes, mas acrescentou que havia pessoas da empresa prestando apoio às vítimas. A reportagem entrou em contato com o sr. Evandro, mas ele não atendeu à ligação nem respondeu à mensagem deixada.

Cronotacógrafo

O Estradas apurou ainda que o cronotacógrafo do Scania foi emitido em 06/12/2019 e tem validade até 25/11/2021. Na ocasião, foi emitido em nome de Viação Cidade do Aço. Tentamos contato, por e-mail, com a empresa, mas não tivemos uma posição até a publicação desta matéria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui