Noticias Protesto de caminhoneiros fecha quatro trechos da Fernão Dias em Minas

    Protesto de caminhoneiros fecha quatro trechos da Fernão Dias em Minas

    Desde as 5h de domingo, protestos de caminhoneiros interditam parcialmente pelo menos quatro trechos da Fernão Dias (BR-381), no trecho que liga Belo Horizonte até São Paulo.

     Segundo a concessionária que administra a rodovia, a pista está fechada na altura do quilômetro 513, em Igarapé, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A lentidão do km 496 ao 513, no sentido São Paulo, e do km 522 ao km 513, no sentido BH.
    Em Oliveira, no Centro-Oeste de Minas, o engarrafamento vai do km 622,5 ao km 317, no sentido capital. Na mesma região, em Perdões, o tráfego está parcialmente impedido dos kms 680 ao 677, no sentido BH, e entre os kms 676 ao 677, no sentido São Paulo. Ainda no Centro-Oeste do Estado, em Santo Antônio do Amparo, há lentidão do km 637,5 ao 636 no sentido capital.
    A manifestação, organizada por autônomos e sem participação de sindicatos, é contra a alta no preço do diesel. Os condutores também reivindicam melhorias no valor do frete. Na manhã desta segunda, o congestionamento já ultrapassava os 23 quilômetros no sentido capital paulista. Não há previsão de quando o movimento vai acabar.
    Os caminhoneiros estão com os veículos parados e interditam uma ou duas faixas de rolamento, dependendo do trecho. O tráfego flui, de forma lenta, em apenas uma pista. Apenas ambulâncias, ônibus, carros de passeio ou com cargas vivas (com animais) podem passar.
    Não há piquetes, mas o clima é hostil nos pontos de protesto. Motoristas de veículos de carga que insistem em trafegar são apedrejados. Em viagem desde o último sábado, o caminhoneiro Silvio Ferreira, de 57 anos, tentou atravessar próximo a Igarapé e teve a carreta danificada com várias pedras. “Agora só me resta esperar pelo socorro”, disse o homem, que seguia de Recife para São Paulo.
    Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), uma das opções de desvio é seguir pela BR-262 até Itaúna e depois acessar a MG-431. De lá, é possível retornar à BR-381, na altura de Itatiaiuçu.
    Outros estados
    Além de Minas Gerais, de acordo com a PRF, as manifestações dos caminhoneiros foram articuladas em pelo menos outros seis estados: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina.
     

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
    Por favor, digite seu nome aqui