INCÊNDIO: GM inicia recall do Novo Tracker por risco de incêndio. Donos dos modelos 2020, 2021 e 2022 devem procurar uma concessionária. Foto: Divulgação

De acordo com a montadora, modelos 2020 até 2022 vão precisar de uma proteção no equipamento para minimizar risco de incêndio

A General Motors do Brasil iniciou recall do Novo Tracker, modelos 2020, 2021 e 2022, para a instalação de uma proteção no isolador acústico do carpete. O serviço está disponível a partir de 22 de abril e leva aproximadamente 1h30 para ser realizado.

De acordo com a montadora, os veículos fabricados entre 25/10/2019 e 08/04/2021, com números de chassis de LB900009 até NB100146, precisam do reparo. O procedimento será necessário porque, se houver uma colisão do carro, onde o acionamento dos pré-tensionadores abdominais dos cintos de segurança dianteiros é esperado, existe a chance de fagulhas decorrentes do seu funcionamento normal atingirem o isolador acústico do carpete.

Ainda de acordo com a GM, o defeito possibilita o princípio de incêndio na região inferior da coluna B, podendo resultar em danos materiais, lesões físicas graves ou fatais ao motorista e aos ocupantes do veículo.

Segundo a montadora, os consumidores que sofreram algum tipo de acidente poderão solicitar, por meio do Judiciário, a reparação dos danos eventualmente sofridos.

Novo CTB

Com as novas mudanças no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), os proprietários que não atenderem ao recall não conseguirão fazer o licenciamento do veículo. A Lei 14.071/2020 entrou em vigor no último dia 12 de abril.

O Tracker 2022 começou a chegar às concessionárias da Chevrolet ainda nesta primeira quinzena de abril, com preços a partir de R$ 92.850 (versão turbo manual).

Agendamento

De acordo com a GM, os donos devem agendar um horári oem uma das concessinárias da marca. Mais informações pelo telefone 0800 702 4200 ou no site www.chevrolet.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui