NOVOS VALORES: Tarifas das seis praças de pedágio administradas pela Eco135, em Minas Gerais, terão reajuste a partir de zero hora de 1º de abril: Foto: Divulgação

De acordo com a concessionária, protocolos de segurança no atendimento ao público foram reforçados junto aos colaboradores

Diante da expansão do Coronavírus, a concessionária Eco135, responsável pelas rodovias BR-135, MG-231 e LMG-754, em Minas Gerais, reforçou as medidas de higiene e segurança em todas as unidades da empresa, especialmente no atendimento ao público.

De acordo com a empresa, nas praças de pedágio, os operadores foram orientados sobre os procedimentos seguros para o contato com os motoristas, reforçando a frequência da higienização das mãos que já era realizada regularmente. Também foram afixados cartazes alertando os usuários para que higienizem as mãos depois do pagamento em dinheiro.

Ainda de acordo com a Eco135, os seis postos de cobrança do trecho concedido, cinco na BR-135 e um na LMG-754, já dispõem da opção para o pagamento da tarifa por aproximação, meio recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como preferencial a de evitar o contágio. Nesse caso, os motoristas podem utilizar cartões (crédito ou débito), smartphones ou relógios.

Segundo a concessionária, com o uso da tecnologia, o usuário leva, em média, 3 segundos para efetuar pagamento e continuar a viagem. Para pagar a tarifa por aproximação, o usuário deve informar a modalidade escolhida ao operador na cabine, que irá digitar o valor no sistema e mostrar a maquininha ao usuário, que efetuará o pagamento ao aproximar seu dispositivo.

A Eco135 esclarece que também é possível aderir a uma das cinco operadoras de pedágio automático disponíveis e realizar a passagem utilizando um tag instalado no veículo. Outras informações sobre os meios inteligente de pagamento podem ser obtidos no site www.eco135.com.br/agilizesuaviagem.

Serviços mantidos nas rodovias

Os profissionais que prestam socorro na pista também tiveram os procedimentos de segurança reforçados. Todos os veículos de atendimento dispõem de máscaras para oferecer aos usuários que apresentarem algum sintoma da COVID-19. Nas ambulâncias, as equipes de resgate já seguem os protocolos padrão da área de saúde para o socorro às vítimas.

A concessionária salienta que já tomou medidas preventivas também no escritório administrativo e mantém um monitoramento permanente da saúde de todos colaboradores, prestando orientações e apoio caso seja identificado algum caso suspeito na equipe. Informações: https://www.eco135.com.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui