BANDEIRANTES: Pesquisa Origem-Destino do metrô mostrou que a Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) recebe 120 mil veículos por dia, sendo que os carros somam 73% desse total. Outro dado relevante sobre a circulação de veículos na rodovia é o de que os ônibus que circulam na Bandeirantes transportam, em média, 24 passageiros. Foto: Divulgação

Levantamento do Metrô de SP foi realizado entre 2007 e 2017

Uma pesquisa de origem e destino realizada pelo Metrô de São Paulo, entre 2007 e 2017, mostrou crescimento de 47% no tráfego de veículos na Região Metropolitana de São Paulo, vindo das rodovias. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (3) pela empresa, que destacou que a maior parte dessas viagens é realizada por carros particulares.

De acordo com a pesquisa, há a migração das pessoas do fretado para os carros particulares, além de uma mudança de comportamento dos usuários de transporte.

No início da pesquisa do Anda SP, em 2013, os ônibus fretados eram o principal meio de transporte que passava pelas rodovias. Os dados da pesquisa mostram que, de 2013 para 2017, os ônibus e vans tiveram uma queda de 29% de circulação nas rodovias e os carros e veículos, no mesmo período, tiveram um aumento de circulação de 54% e 40%, respectivamente.

Carros dominam

Na Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), por exemplo, circulam, atualmente, 120 mil veículos por dia, sendo que os carros somam 73% desse total. Outro dado relevante sobre a circulação de veículos na rodovia é o de que os ônibus que circulam na Bandeirantes transportam, em média, 24 passageiros e os carros particulares levam 1,66 pessoas, o que exemplifica o novo comportamento dos trabalhadores: circular sozinhos na capital.

Esse fenômeno acontece também em outras rodovias. Quando analisados dados de outras regiões, como: Campinas, Sorocaba, Vale do Paraíba, Aglomerado de Jundiaí e Região Metropolitana da Baixada Santista.

Quando analisamos a região de Sorocaba, por exemplo, são 44 mil veículos particulares que chegam, por dia, na capital paulista contra apenas 12 mil ônibus. A maior quantidade de ônibus que chega se deslocam para São Paulo fica por conta da cidade de Campinas com 27 mil veículos, contra 37 mil carros particulares.

Mobilidade em SP

Na cidade de São Paulo, quando somados todos os modais de transporte, são feitas 41 milhões de viagens pelo perímetro urbano. As viagens de trabalho são as que têm o maior número:18,5 milhões, seguidos das viagens de educação, 14,7 milhões.

A frota de veículos que circula por São Paulo, entre 2007 e 2017, também apresentou crescimento: 22,8%, o que representa três vezes mais do que o crescimento da população da cidade. O investimento nos modais de transporte público (Metrô, CPTM, EMTU e SMT) tiveram uma queda de 47% entre os anos de 2014 e 2019.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui