Foi finalizada a implantação da divisória metálica entre as pistas na ViaLagos. As melhorias atendem à determinação do Governo do Estado para proporcionar mais segurança na rodovia.

Para a instalação do dispositivo de segurança, as pistas foram alargadas nos dois sentidos; os acostamentos, estruturados e pavimentados; e todo o sistema de drenagem e sinalização, adaptado ao novo projeto, que ainda contemplou  a construção de sete retornos, oito travessias de pedestres em nível, além da implantação de duas passarelas.

Com toda essa mudança no perfil da rodovia, para proporcionar mais agilidade na operação da ViaLagos, a Concessionária ampliou a sua frota e equipes, implantou câmeras de monitoramento do tráfego e, em breve, entregará mais uma base de atendimento ao usuário, em São Pedro da Aldeia (km 56).

Nova ViaLagos com Divisória de pistas

O diretor-presidente da CCR ViaLagos, o engenheiro Márcio Roberto de Morais Silva, destacou as melhorias na segurança após a concessão: “Reduzimos 79% o índice de óbitos de acidentes na rodovia em comparação ao período anterior à concessão, e com isso, ela deixou de ser a rodovia da morte, como era chamada. Ainda temos muito trabalho pela frente, pois o nosso desafio é reduzir a zero o número de mortos e acidentes na ViaLagos, com a implantação da divisória de pistas”.

Cerca de R$ 200 milhões foram investidos na melhoria da infraestrutura  da rodovia. A nova ViaLagos vai oferecer mais segurança e conforto aos usuários, e  contribuir ainda mais para o desenvolvimento da Costa do Sol.

Uma nova tecnologia:

A tecnologia da divisória metálica da ViaLagos é uma das mais modernas no mercado, amplamente utilizada em várias rodovias no Brasil e no mundo. Projetada para aumentar a segurança, a divisória é composta por uma defensa dupla que minimiza o impacto de uma colisão aos ocupantes do veículo.Esse tipo de dispositivo contém o veículo durante o choque, amortece a energia da colisão e o redireciona em ângulo seguro de volta à pista. Ele ainda possui uma tecnologia especial  para proteção dos motociclistas nas curvas.

Fonte: Ascom

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui